Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


dafont – Fontes gratuitas

Não me alongando muito uma vez que muito (quase tudo) já foi dito há poucos minutos atrás quando divulguei o site FFonts, o dafont é outro site que nos oferece uma quase infindável lista de fontes gratuitas para download. Basta experimentar para comprovar.

dafont

Tal como disse anteriormente, muitas destas fontes podem ser úteis para trabalhos gráficos em EVT  já que usualmente não são disponibilizadas com o computador (programas também) quantidade e qualidade de fontes razoáveis para determinados trabalhos na nossa area.

Para além do FFonts, aqui fica o dafont, para abordagem da Comunicação em EVT, para o que possamos entender.

De certeza que uma pesquisa mais atenta vos vais fazer perder alguns minutos (horas?) a descarregar fontes…

Anúncios

FFonts – Free Fonts

E porque sou um apaixonado pelo Typedesign, pela tipografia em geral, é indispensável para qualquer professor de EVT (e não só) um grande (ou considerável) leque de escolhas e opções por tipos de letra para os mais diversos fins. Especialmente no campo da Comunicação – quando se faz um cartaz, por exemplo ou até um guia ou folheto, termos determinado de tipo de fontes é muito importante.

ffonts

E porque sabemos que as fontes que os nossos computadores trazem quando os compramos são muito limitadas (na quantidade e qualidade), existem alguns sites que nos oferecem milhares (sim, leram bem, milhares) de fontes gratuitamente. Um desses casos é o ffonts. Uma simples pesquisa e perdemo-nos numa imensa lista…

Mas atenção. A selecção é fundamental. Não se esqueçam que uma das coisas que faz as nossas máquinas ficarem lentas é a quantidade de fontes instaladas. Uma boa opção é termos as fontes guardadas numa pasta e instalá-las e desinstalá-las à medida das necessidades.

Seguramente que vão encontrar uma (ou muitas mais) e que se vão lembrar de dizer: “olha!, esta tinha dado jeito para isto”.

Tal como disse, e não obstante outros conteúdos e áreas de exploração, elejo o conteúdo comunicação como primordial. E não são poucos os trabalhos em que os alunos poderão trabalhar as fontes.

Já agora, algumas das fontes, inseridas num programa de desenho vectorial (vejam a ferramenta livre do Aviary, por exemplo) podem ser alteradas e obtemos efeitos fantásticos.

Vale a pena a visita e perderem-se a decarregar algumas. Afinal, são mesmo gratuitas…


1º Mês do EVTdigital

Viva!

Faz hoje precisamente um mês que abrimos o EVTdigital. Ao longo de um mês, já divulgámos no blog algumas dezenas de ferramentas digitais úteis aos professores de EVT e, a acompanhar, mais de 4 dezenas de manuais e guias.

Mas, ainda é pouco, muitas mais ferramentas, muitos mais manuais faltam catalogar (para além da respectiva lista temática que está a ser acertada).

O que quer dizer que, é bom que nos continuem a acompanhar. Todas as actualizações são publicados através do twitter com @EVTdigital e sempre a podem subscrever a partir daqui do blog (basta seguir o link no menu lateral esquerdo) ou subscrever o Blog, passando a receber por e-mail todos os novos posts.

Um agradecimento especial a todos os que já passaram por aqui, aos que já marcaram o EVTdigital nos seus favoritos, aos que falaram dele aos colegas e amigos, aos que já quiseram formação sobre o EVTdigital… enfim,… ao fim de apenas um mês, aos mais de 4500 acessos que o blog teve.

Para todos, para a que a ideia e a prática disseminem, continuem a espalhar a notícia e apareçam sempre, todos os dias… Os próximos meses continuarão a ser muito animados!…

Obrigado.


Flying-Pig & Paper Toys

E qual é a novidade que vos trago hoje?

Paper Toys. Exactamente, brinquedos de papel. A magia dos brinquedos de papel. Anteriormente já vos dei aqui a conhecer um software que permite fazer este tipo de brinquedos e construções em papel. O que hoje vos apresento é o Flying-Pig.

Flying-Pig

Pois é, o site do “Porco-Voador” é uma autêntica pérola. Naturalmente que podem pensar (e com razão) que os paper toys têm muito de suporte papel. E é verdade. Mas, também muito necessário. Aliás, sempre defendi e continuo a defender que é com a utilização de diversos suportes ao ensino e aprendizagem da EVT que se propiciam aprendizagens mais significativas.

As construções que se podem fazer, a par dos famosos “Origami”, estimulam (e muito) a capacidade criativa, cognitiva e de concentração das crianças.

No site do Flying-Pig podem descobrir uma série de paper toys que são pagos. No entanto, existe uma pequena secção com exemplos (uns 4 ou 5) que podem ser descarregados livremente e construídos. Podem ser vistos e descarregados AQUI.

Alguns, para além de simples paper toys são também considerados mechanical toys ou automatas. Este tipo de definição corresponde a brinquedos/construções de papel que envolvem mecanismos. Ora… nem mais. Movimento é um dos conteúdos de EVT e Mecanismos uma área de exploração. Experimentem pois é fascinante este tipo de trabalho em contexto de EVT.

Para além dos que já vos foi transmitido, inclusivé o link onde podem descarregar alguns livremente, no site do Flying-Pig temos uma secção dedicada aos MECANISMOS. Aqui, podemos ver demonstrações de mecanismos, dos mais simples aos mais complexos, com exemplos animados do efeito que podem produzir. Uma autêntica maravilha e recurso fundamental para a EVT. Nessa secção têm três espaços: Motion, Mechanisms e Conpound Mechanisms. Basta carregar em cada link/secção e são apresentadas, dentro de cada uma, várias simulações. experimentem pois vale a pena. A partir daí… mãos à obra e cabeça a imaginar construções fantásticas em EVT.

E porque sei que esta é uma temática excepcional para se trabalhar em EVT, brevemente divulgarei aqui uma lista exaustiva, baseada em vários meses de pesquisa, com bastantes sítios da Internet que disponibilizam estes recursos gratuitamente para construirmos. E só algum tempo para organizar a informação. Desde monstros a câmaras fotográficas pinhole, passando por cartoons em paper toys, a lista é absolutamente fabulosa. Além disso, os indispensáveis paper toys considerados “Mechanical Toys” ou “Automatas” também estarão presentes na lista.

Aguardem então por um post intitulado “PAPER TOYS”.


Historic Tale Construction Kit

No campo das ferramentas Web 2.0, podemos encontrar disponíveis imensas aplicações online (cerca de duas dezenas) que nos ajudam em contexto de EVT a criar algumas tiras de Banda Desenhada – BD. Também designados por Cartoons ou Comics, permitem-nos explorar alguns conceitos interessantes. Se bem que, posteriormente, numa exploração aprofundada em EVT, os suportes mais tradicionais são necessários.

Mas esta ferramenta é simplesmente Maravilhosa!

Chama-se Historic Tale Construction Kit.

Historic Tale Construction Kit

Para além da sua utilização em EVT, podemos trabalhar a interdisciplinaridade com a História e Geografia de Portugal e Língua Portuguesa. Baseada naquele conceito anteriormente descrito, o das tiras BD/Comics/Cartoons, está é completamente fora do normal pois tem uma interface, personagens, textos e outros elementos com singularidades gráficas típicas da época medieval.

A utilização e extremamente simples e o resultado final muito interessante.

Vale a pena utilizarem, falarem com os colegas de História e começar a explorar.


BitFontMaker

Ora cá estou de volta com a continuação de mais uns post sobre Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT. Os muitos afazeres nem sempre ajudam a termos aqui posts todos os dias.

Mais uma boa ferramenta descoberta hoje.

Chama-se BitFontMaker e é produzido pela empresa Japonesa pentacom.jp (que também tem outras ferramentas interessantes que irei aqui divulgar).

BitFontMaker

Mas bem, este programa, na sua versão 0.1 permite aos utilizadores, de forma muito simples e intuitiva e directamente na janela do browser criar os seus tipos de letras e experimentar de imediato o seu resultado. Para além disso, é também possível salvar os tipos de letras criados para o nosso computador. Compatível com Mac e Windows, é uma ferramenta a experimentar pela simplicidade do conceito e facilidade de utilização. E os mais pequenos, em EVT, agradecem.


Workshop – EVTdigital

“Mais vale um pássaro na mão do que…”

Vocês sabem o resto do ditado, mas eu preferia dizer “Mais vale um bom tweet, porque depois, tudo aconteceu”!!!

E é verdade, tudo aconteceu. Há já alguns meses que eu e a minha colega e amiga Teresa Pombo mantemos contactos pelo twitter, mail, interactic, e outras redes sociais… Do desejo da Teresa e da minha vontade de colaborar com todos os que fazem da vida o leme “sempre a aprender”, ontem, dia 15 de Janeiro de 2010 constituiu-se para mim como uma data marcante. Foi a minha primeira sessão de apresentação (juntamente com a Teresa, e sobretudo graças a ela) do meu projecto EVTdigital e das Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT.

Proporcionou-se a minha ida a Lisboa e, com tempo disponível durante a tarde, dar um salto “à outra margem”, onde, na sede do Centro de Formação de Professores ALMADAFORMA pude apresentar com a Teresa muitas das ferramentas digitais que podem ser utilizadas em contexto específico das Artes Visuais, da EVT, da EV e da ET.

almadaforma

Das 16 às 19 horas tivemos uma sessão intensa de formação sobre muitas das ferramentas já aqui listadas no nosso Blog. Pena foi não termos tido muito tempo para explorar estas mesmas ferramentas mas, certamente que o “bichinho” ficou e, nas palavras da Teresa, “será semente” para ir dando corpo a este meu/nosso projecto e para que os colegas presentes no workshop vão passando palavra.

Pode ser que, em breve haja uma segunda sessão!!!

workshop almadaforma 15 jan 2010

Agora, só me resta agradecer imenso o convite da Teresa e o prazer que me deu conhecê-la pessoalmente bem como a profunda amabilidade e amizade com que fui recebido por todos. Também um cumprimento especial à Directora do Centro de Formação ALMADAFORMA que foi inexcedível em tudo e na sua simpatia!

Bem hajam, a todos. Obrigado @profteresa (afinal, afinal, foi assim que te conheci) 🙂

Já agora, podem ver a magnífica reportagem que a Teresa Pombo fez e publicou no seu Blog, AQUI.

Quero apenas deixar aqui mais uma nota: para todos os colegas que, nos seus Agrupamentos de Escolas queiram realizar um workshop de divulgação deste projecto, com apresentação de ferramentas e discussão sobre as mesmas, estarei disponível para fazê-lo. Naturalmente, como é claro, dentro das minha possibilidades e compromissos. Para tal, basta reunir um grupo de interessados, docentes de EVT, EV e ET entre 18 a 25 pessoas.

E vão acompanhando o EVTdigital pois em breve terão mais novidades.


What is a Print?

O que é a/uma impressão?

O MoMA – Museum of Modern Art já nos brindou muitas vezes com excelentes recursos. Aliás, no campo educativo e na área das Artes/Serviço educativo é uma das referências online, juntamente com a TATE.

What is a Print é uma fantástica apresentação multimédia interactiva sobre a impressão e as suas técnicas.

What is a Print

Entrando no site (que necessita para o browser duma versão so Flash Player instalada), abre-se uma nova janela na qual podemos escolher uma das 4 técnicas de gravura/impressão. A partir daí, segue-se uma explicação interactivo, explicando-se todo o processo e acesso possível a uma galeria de obras.

O único entrave poderá ser mesmo o site estar em Inglês. De qualquer forma, será bom para praticar a língua Inglesa. O professor pode, sem qualquer problema, acompanhar a apresentação com a explicação aos alunos. Um recurso interessante. Sucinto e muito bem construído. Excelente para a abordagem da área de exploração de Impressão em EVT.

Vale a pena a visita e marcar nos favoritos.


AnimPixels

Ora aqui está um software diferente! Estranha e loucamente diferente mas “muito na moda”. Há até quem lhe chame a “Pixel Art”. O software que vos venho aqui apresentar chama-se AnimPixels e, como o próprio nome indica serve para fazer animação com pixels!

AnimPixels

O conceito é extremamente interessante. O software é gratuito e sem quaisquer limitações. Caso queiram registar-se, para obter uma licença, o pagamento é quase nenhum!… Apenas $9,99 USD. O registo e obtenção da licença irá fazer com que a exportação do filme possa ter no seu início uma mensagem escolhida por nós e não a ficha técnica padronizada do software. Quanto ao resto, a versão do software é completamente gratuita e sem quaisquer outras limitações. A versão actual é a 1.03 e pode ser descarregada AQUI.

Para a disciplina de EVT, o conceito é interessante para a abordagem da área de exploração Animação mas, também, para explorar conceitos e conteúdos relacionados com o Movimento, Espaço e Estrutura. A interface é muito simples e minimalista e o funcionamente não requer muito treino sendo as funções de animação, timeline e construção dos “bonecos” muito simples.

Explorem pois vale a pena. Ah, e está na moda o “Pixel Art”!!!…

Só uma nota: caso não tenham instalado no computador, este software requer a instalação do Microsoft.NET framework 1.1

Corre apenas em Windows.

Ficam aqui uns pequenos vídeos tutoriais

Aqui abaixo está um Demo de um filme criado com o software, publicado na página oficial do AnimPixels


Pop-Up Books – by David Carter

E porque este espaço é fundamentalmente para ferramentas digitais, e não só exclusivamente digitais, existem pequenas grandes maravilhas. Faz algum tempo que as descobri e apaixonei-me. Há muitas, muitas coisas que encontramos nas ferramentas digitais que em outros suportes é  impossível encontrar. Mas o inverso também acontece. Acreditem.

E é por isso mesmo que vos apresento aqui 4 livros que acho fundamentais lerem. Ler? Irão depois questionar-se, certamente.

São 4 livros de um autor fantástico chamado David Carter. São Pop-Up Books que não é usual folhearmos. Pelo menos com a qualidade destes. São pequenas grandes maravilhas e que aconselho vivamente a encomendarem. Passe a publicidade, uma livraria como a FNAC ou LEITURA consegue com facilidade fazer a encomenda e tê-los em menos de um mês.

Chamam-se: Un punto rojo, 2 AZUL, 600 puntos negros, Yellow Square.

Pop-Up Books - David Carter

E, como certamente perceberão, não tenho problema em mostrar aqui as capas dos mesmos e umas imagens que fiz. Estes são daqueles livros que realmente têm que ser comprados pois o suporte digital apenas serve para “abrir o apetite”!…

Ah, para acederem às imagens dos livros, carreguem nos títulos dos mesmos, mais acima. Exitem versões em Espanhol e Inglês.

Acreditam que se vão, mesmo, entusiasmar.

(Já agora, uma nota: os livros ficam a pouco mais de 20 euros… que não é nada, mesmo nada caro…)


Aviary

Por acaso, alguém já entrou num Aviário?

Sim? Não? E pergunto eu: e neste Aviário chamado Aviary?

Aviary

O Aviary tem actualmente um conjunto de ferramentas online (funciona no conceito Web 2.0) que ajudam qualquer utilizador a explorar um leque alargado de ferramentas e gestão dos seus trabalhos online. É sem dúvida um conjunto de ferramentas muito versátil, a explorar por alunos e professores (e não só). Basta criar uma conta (gratuita, naturalmente). Apesar de, numa fase posterior, termos aqui descritas no Blog as ferramentas, individualmente, com as suas funções e potencialidades, não podia protelar mais esta divulgação pois considero-a fundamental.

E, aos utilizadores deste Blog e do agempTIC, já tem licença para, directamente, a partir daqui, abrirem as 5 aplicações API AVIARY. Ah! E não se esqueçam daquele add-on do Firefox que permite fazer captura de ecrã.

aviary tools

Depois de criarem uma conta no Aviary, para abrirem a aplicação numa nova janela, basta carregar nos links abaixo. Relembremos as 5 aplicações:

PHOENIX: Editor de Imagem – iniciar PHOENIX

RAVEN: Editor de Desenho Vectorial – iniciar RAVEN

PEACOCK: Laboratório Visual – iniciar PEACOCK

TOUCAN: Color Swatches – iniciar TOUCAN

FALCON: Image Markup – iniciar FALCON

MYNA: Editor Audio – iniciar MYNA

TALON – ferramenta de captura de imagem a partir do browser da Internet (extensão para quem usa Firefox) – Instalar extensão AQUI

NOVIDADES

E não se esqueçam de acompanhar as novidades do Aviary pois regularmente há novidades e outra ferramenta pode ser lançada. Deixo-vos abaixo uma imagem com a lista de ferramentas que posteriormente irão sair.

aviary coming soon


Ilusões Ópticas

Esta manhã, através do Twitter, recebi algo muito,muito interessante e curioso.

Um espaço no YouTube com vídeos sobre Ilusões Ópticas. O que recebi era um fantástico vídeo, com uma ilusão óptica, naturalmente, que no espaço de apenas um mês já teve mais de 1 milhão de visualizações. Sim, isso mesmo, visto mais de 1 milhão de vezes.

Em EVT, muitas vezes, somos confrontados com algumas questões interessantes no campo da óptica. Quer seja na abordagem ao conteúdo Forma como também à Estrutura, Luz/Cor, entre outros possíveis.

O Vídeo visto mais de 1 milhão de vezes é este:

[ créditos do filme – greeenpro productions ]

Para acederem à página dos greeenpro productions e visualizarem muito mais vídeos sobre ilusões ópticas, sendo que algumas com muita pertinência para abordagem em EVT, carreguem na imagem abaixo.

greeenpro productions


Voice draw

O voice draw é uma ferramenta que permite aos utilizadores, com a sua voz (e não só) desenharem.

voice draw

Exactamente o que estão a pensar! O que se diz, discute, canta ou qualquer outro som é interpretado pelo programa e desenhado. Naturalmente que o controlo do desenho é muito limitado mas, diz quem o criou que com bastante treino se conseguem alguns trabalho de boa qualidade.

No site podem ser encontrados alguns exemplos.

É necessário terem o Flash Player instalado no computador/browser e quando é iniciada a aplicação, na janela que aparece, carregar em PERMITIR para que a aplicação active o microfone para ser possível desenhar.

Muito interessante para utilizar com alunos com determinadas Necessidades Educativas Especiais. Para EVT, bom para explorar a área do Desenho (neste caso,muito, muito diferente).

Resta-nos dizer que existem 3 versões desta aplicação, sendo que as diferenças são pouco significativas (aparentemente). A diferença pode ser analisada na explicação do site. Mas, aqui fica o link directo para as 3 versões:

Versão 1

Versão 2

Versão 3


Pop-Up Card Designer

O Pop-Up Card Designer, tal como o Pepakura Designer é um produto da tamasoft – Tama Software. O Pop-Up Card Designer é gratuito e permite aos utilizadores criarem e imprimirem (para depois construir) os seus postais Pop-Up em 3D.

Pop-Up Card Designer

A utilização deste software é muito simples. De forma rápida e intuitiva criamos o nosso postal e, à distância de um clique imprimimos o mesmo para depois construir.

Depois, é só enviar. E enviar à “moda antiga”, pelos CTT…

Vale a pena testar. Se não vai a tempo do Natal, há sempre algum amigo a fazer anos brevemente!

Em EVT, excelente para trabalhar a área de exploração de Desenho e Construções. Forma, Espaço e Estrutura são dois conteúdos a trabalhar.


Pepakura Designer

O Pepakura Designer é um produto Japonês, um software que nos permite criar objectos 3D – animais, caixas, etc, etc, etc… e depois, como que um toque de mágica, termos a planificação dos mesmos.

Pepakura Designer

Este produto permite-nos criarmos Paper Toys, planificações de caixas, embalagens e outros produtos que possam interessar na disciplina de EVT (e não só…).

Um contra: este software não é livre nem gratuito. E porquê estar listado, perguntam? Porque podemos descarregar a versão normal, sem qualquer pagamento, e utilizá-la sem qualquer problema, exceptuando as funções de Gravar (save) e Export (exportar). Quer dizer que não podemos gravar e exportar as nossas produções. De qualquer forma, estando o produto finalizado, podemos com facilidade imprimir o nosso trabalho e construí-lo. Aliás, para quem quiser e souber, se o traba-lho for impresso virtualmente em PDF, teremos o ficheiro pronto para usar noutras ocasiões. Aliás, para utilizadores mais experimentados, pode-se posteriormente importar o pdf num programa de desenho vectorial e inclusivamente trabalhá-lo graficamente.

Aconselho vivamente este software. É simples de trabalhar, intuitivo e desenvolve (e muito) as capacidades cognitivas, especialmente de raciocínio e de relação espacial.

Em contexto de EVT, uma óptima ferramenta para trabalharmos os seguintes conteúdos/áreas de exploração: Construções, Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Desenho, Medida….

Resta instalar… e usar!

Mas primeiro, dos vários vídeos, seleccionei este para tutorial.

Vídeo Tutorial


The Artist’s ToolKit

O site The Artist’s ToolKit é um excepcional pacote de recursos para ser utilizado na disciplina de EVT. Com um rigor científico acima da média, este projecto foi patrocinado pelo Estado Americado do Minnesota e contou com uma equipa de produção do Minneapolis Institute of Arts, o Walker Art Center e o Educational Web Adventures.

The Artist's ToolKit

Este site tem 3 secções fundamentais: Explore the Toolkit, See Artists in Action e Encyclopedia. Começando pelo último, é-nos apresentado, sobre os vários termos, um conjunto muito abrangente de explicações, profundamente explicado tanto textual como visualmente. O “Artistas em Acção” apresenta os autores na produção e trabalho com esta ferramenta. Finalmente, a parte principal, o Explore the ToolKit, temos as seguintes secções: Linha, Forma, Cor, Espaço, Textura – Estes na secção dos Elementos Visuais. Na secção dos Princípios Visuais, temos, não deturpando com traduções incorrectas, a área Balance, a Emphasis e a Movement/Rhythm. Dentro de cada uma destas secções, temos outras ligações que nos permitem perceber estes conceitos da Gramática Visual de forma simples e verdadeiramente interactiva.

Uma verdadeira preciosidade é ainda a possibilidade de se criar um Menu designado por Create My ToolKit Page que permite seleccionar e guardar no menu lateral as aplicações que eu quero trabalhar com os alunos.

Quanto à EVT, como já devem ter percebido, as áreas de exploração e conteúdos com possibilidade de serem explorados são bastantes. A título de exemplo: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Movimento, Animação, Desenho, Pintura.

Sem dúvida que aconselho o uso (e abuso) desta ferramenta. Tratem de a guardar, não se esqueçam, e lembrem-se de a trabalhar com os alunos na disciplina de EVT.


Directors Boards

Tal como o software apresentado no post anterior, o Directors Boards éum software para criação de Guiões e/ou Storyboards.

Directors Boards

Está disponível para sistemas operativos Windows e Mac, é gratuito e tem uma interface mais apelativa para trabalho que o Celtx. De qualquer forma, as funções são semelhantes e o objectivo final o mesmo.

Resta experimentar.

Quanto à EVT, como anteriormente dissémos, útil para os Storyboards de Animação (e não só…) e potenciador de novas abordagens, dependendo dos contextos de utilização.

A experimentar,… mesmo não havendo vídeo tutorial.


Celtx

O Celtx é um software livre, open source, que permite criar uma guião/storyboard para a história que queiramos contar.

Celtx

Já na sua versão 2.5.1, está disponível para os principais sistemas operativos: Windows, Mac e Linux e em mais de 30 línguas (incluindo o Português). Aconselho uma visita atenta ao site pois contém muitas informações úteis e uma Wiki com o Manual muito boa.

O software permite criar um guião para um filme ou, no caso da nossa disciplina de EVT, importante para criar Storyboards para as Animações. De qualquer forma, fica a ideia forte de uma ferramenta gratuita que poderá servir a professores (de EVT e não só) e a alunos.

Resta-nos integrar esta ferramenta, numa primeira análise, para a área de exploração de Animação.

Deixo-vos um pequeno vídeo tutorial.

Vídeo Tutorial


Papagayo

O Papagayo é um software open source que permite fazer uma coisa chamada Lip-sync. Na animação, como a captura das imagens é feita em stop-motion, a cada movimento a boca deve mexer na exacta proporção e tempo em que são ditas as palavras, fonemas, sons, dependendo da velocidade de dicção e animação.

Papagayo

Pois este software criado pela Lost Marble, permite aos utilizares do Anime Studio e/ou Moho integrarem com a maior das facilidades o lip-sync nas suas animações. A sincronização da boca com o que é dito é simplesmente fantástica. pena o Anime Studio não ser gratuito!…

De qualquer forma, no site da aplicação, pode-se descarregar o código-fonte do software, uma extensão do dicionário e o software propriamente dito. Com versões para Windows, Linux e Mac – OSX Leopard e Tiger.

Vale a pena experimentarem. Não demora mais do que 15 minutos para instalar e fazer um teste. Se quiserem, os ficheiros de audio que são admitidos para correr no Papagayo devem estar no formato wav. Mesmo que não seja possível a integração directa do lip-sync, para quem está a realizar uma animação, poderáser útil para os alunos se guiarem e animarem correctamente os diálogos, sincronizando-os de forma correcta.

Em EVT, integrada em projectos de animação, esta ferramenta pode ser trabalhada para as áreas de exploração Animação e conteúdos Comunicação e Movimento.

Deixo-vos um pequeno vídeo tutorial, com demonstração do Papagayo e posterior integração no Anima Studio.


dipity

Para os que já conhecem esta ferramenta Web 2.0, poderá parecer estranho que ela esteja aqui neste espaço destinado a ferramentas para EVT. Mas irei explicar-vos o porquê de a incluir.

O dipity, uma ferramenta concebida para criar “linhas de tempo”, “lifeblogs”, ou “barras/tábuas cronológicas” é um excelente recurso para EVT.

dipity

Se pensarmos bem, enquanto professores de EVT, podemos explorar esta ferramenta, aquando o desenvolvimento de uma Unidade de Trabalho, para a criação de uma Memória Descritiva do trabalho do(s) aluno(s). Ficará, assim, um registo diário da actividade realizada. E, se por exemplo, os alunos de uma turma, com o seu professor, construírem o portfólio da turma com esta ferramenta? Pois, teremos o anuário da turma, na disciplina de EVT.

Além disso, pode ser utilizado pelo professor para criar os seus recursos para apresentar aos alunos. As vantagens são imensas pois é permitido incluir vídeos, imagens e outros recursos a cada entrada.

E as datas não são problema. Se eu criar a minha conta e fazer um post hoje, ele fica com a presente data MAS, posso mudá-la, o que realmente expande muito as potencialidades da ferramenta.

A utilização é simples e intuitiva. Permite criar RSS da timeline e divulgar a mesma através de redes sociais como twitter, facebook e outras. Quanto a mim, sem dúvida, a explorar em EVT (e não só, digo eu)!…

Apenas uma última nota para dizer que “apenas” incluirei, numa primeira análise, os conteúdos mais evidentes a ser trabalhados: Comunicação e Trabalho. Mas mais, muitas mais abordagens poderão ser feitas.

Deixo-vos agora não um vídeo tutorial, como é costume, mas dois exemplos criados com esta ferramenta. Um deles é uma história dos filmes de animação desde o início do Cinema, criado pelo grupo Animation Podcast. A outra chama-se Smarthistory – An Art History Timeline e apresenta algumas das obras mais emblemáticas da história da arte.

E mais não digo a não, experimentem.