Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


Category Archive

The following is a list of all entries from the EV category.

Bubblesnaps

Uma aplicação que pode ser interessante utilizar em contexto educativo é a que agora apresento. Chama-se Bubblesnaps e permite aos seus utilizadores criarem balões de Banda Desenhada nas suas fotografias.  

Esta aplicação funciona integralmente online e, apesar de não ser obrigatório para se trabalhar com a mesma, sugere-se a criação de uma conta de utilizador gratuita. Depois disso, basta em 3 simples passos (ou dois) criar o efeito pretendido. O primeiro é carregar a imagem e depois, na imagem selecionada, inserir os balões que pretenderem (escrevendo o texto posteriormente, claro). Finalmente, o terceiro passo permite guardar as imagens.

Numa primeira análise, esta ferramenta parece ter uma utilização bem limitada mas, vou dar-vos algumas sugestões de trabalho em EVT (e não só…). Imaginem o trabalho de Banda Desenhada. Os nossos alunos podem com esta ferramenta realizar uma banda desenhada bem diferente do que é normal fazerem. A história pode ser contada por eles, naturalmente, mas em vez de desenharem, fotografam e eles (alunos) são as personagens principais. Acho que é uma boa dica… Depois, bem, depois as próprias imagens podem ser trabalhadas noutros programas. Às fotografias podem ser aplicados filtros como por exemplo o cut-out que permite trabalhar a imagem como se fossem recortes, em tons planos. Depois disso, as imagens são carregadas online no Bubblesnaps e adicionados os balões. No final, podemos gravar todas as imagens, imprimi-las e montá-las numa BD. Ou então, preparar essas imagens num programa de paginação e só depois imprimir…

Uma boa opção, como podem reparar…

Naturalmente que dependendo dos contextos, em EVT podemos trabalhar com os nossos alunos os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Forma, Luz-Cor, Trabalho, Desenho e Fotografia.

Não encontramos vídeo tutorial desta aplicação mas… vão ver que nem é preciso!

Anúncios

paint.NET

Um software gratuito (distribuído em licença CC) é o paint.NET que podem descarregar, instalar e usar para desenho e pintura em contexto de sala de aula.

Esta é uma excelente alternativa a muitos outros softwares proprietários, alguns deles bem caros. É uma boa aposta para utilizar em contexto de sala de aula de EVT (EV e muitas outras disciplinas) para a realização de imensos trabalhos ao longo do ano letivo. Este programa pode ainda ser mais potenciado se utilizado com os quadros interativos que hoje temos nas nossas escolas. A gama de ferramentas, bastante vasta e todas as funcionalidades disponíveis permitem a realização de trabalhos bastante elaborados, quase a um nível profissional.

Em EVT, para além das áreas de exploração de Desenho, Pintura e Fotografia (sim, pois também permite editar imagem), podemos ainda fazer uma abordagem aos seguintes conteúdos (sempre dependendo do contexto de utilização): Forma, Luz-Cor e Trabalho.

Para terminar, resta deixar aqui um vídeo tutorial (dividido em 3 partes) de entre os muitos que descobrimos no Youtube. Ah, não esquecer que este software é para sistemas operativos Windows.

Explorem que vale a pena… 


Make a Roman Mosaic

Make a Roman Mosaic: esta é mais uma das ferramentas de Jo Edkins das quais já divulguei aqui anteriormente o Tessellations e Symmetry. 

O objetivo é simples: numa grelha que é dada, os utilizadores são convidados a preencher a matriz com as pequenas peças, com várias formas e cores. Uma aplicação muito interessante e que pode servir aos alunos para, de forma muito interativa, em EVT, construírem o tal “mosaico romano” mas melhor ainda, criar os módulos e padrões para depois plicar aqui.

Não é sequer vídeo tutorial para verem como se utiliza esta aplicação online. Muito simples e útil para em EVT (ou EV) realizarem abordagens para os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Construções, Desenho e Pintura.


Auto Trace

Para uma melhor qualidade das imagens, é normal converter-se, principalmente para produção de trabalhos de grande qualidade visual e gráfica (cartazes, outdors e outros), as imagens de Bitmap para Vetorial. Um programa livre para o efeito é o AutoTrace, com versões para Linux e Windows.

Para experimentarem a diferença, abram uma imagem e ampliem-na muitas vezes. Pode simplesmente ser um círculo pintado a preto. Se a imagem estiver em Bitmap vão notar que na sua parte de contorno a imagem aparece, como é costume dizer-se, muito pixilizada. Noutras palavras, notam-se os pequenos quadrados de cor que compõem a imagem. Ora, no caso de uma imagem vetorial isso já não acontece. A vectorização das imagens vai fazer com que possamos ampliar muitas vezes a original sem que se perca qualidade. Pois isto, como percebem, é fundamental para um cartaz ou outdoor de grandes dimensões.

Este pequeno (mas muito útil) software livre faz isso mesmo. Escolhem uma imagem e depois convertem-na em formato vetorial. Nada como instalarem e verem com os próprios olhos as diferenças.

Não há vídeo tutorial mas é muito simples de trabalhar, vão notar…

Para EVT, uma boa possibilidade para explorar as seguintes áreas e conteúdos: Comunicação, Luz-Cor, Forma e Fotografia.


VRMLWorld.net

Apesar de saber que muitos não utilizam este tipo de ferramentas, cá vai mais uma vez o destaque para o colega professor de EVT Artur Coelho que melhor do que ninguém trabalha com alunos o 5º e 6º ano este tipo de aplicações. A que agora apresentamos é o VRMLWord.net que não é mais do que um “agregador de mundos virtuais em vrml, permite publicação, funciona bem em Internet Explorer (6,7,8) com flash actualizado (para carregar módulos de chat)  e plugin BS Contact (para visualizar vrml)”

Como o mesmo Artur Coelho diz,  “O VRMLWorld é um site onde podes visitar salas de chat em 3D que são pequenos mundos virtuais. Para visitares os mundos do VRMLWorld precisas de te certificar que o Flash está actualizado no teu computador e de instalar um plugin para o Internet Explorer que te permite visualizar ficheiros vrml e x3d. Para visitar as salas do VRMLWorld só podes utilizar o Internet Explorer: o plugin BS Contact não funciona em Firefox, Chrome ou Opera”.

Nisto dos mundos virtuais, podem ver um pequeno vídeo tutorial deste tipo de aplicações e ainda um outro, realizado pelos alunos do Artur Coelho.


Aniboom

Num conceito muito interessante, surge-nos esta plataforma chamada Aniboom que permite aos professores criarem uma conta de utilizador no serviço e depois adicionarem os filmes de animação que realizarem com os seus alunos. 

O princípio é simples, como podem perceber. Se realizarem filmes de animação com os vossos alunos, nas vossas turmas, em EVT (ou qualquer outra disciplina ou contexto), podem depois de criada a conta de utilizador gratuita, adicionar esses filmes no sistema. Aliás, é esse o sistema… que até diz que pode mudar a nossa vida. Escolhe-se o filme, fazem-se votações e até pode ser que tenhamos oportunidades futuras no campo da animação.

Será também, certamente, uma forma de os nossos alunos verem os seus trabalhos publicados num sítio específico e especializado na área da animação, isto na além, se calhar, do inevitável Youtube ou Vimeo.

Se tiverem trabalhos de animação, experimentem.

Não há vídeo tutorial mas se quiserem, passem pelo espaço do Aniboom no Youtube pois já tem lá mais de 1000 animações publicadas e pode também ser um bom recurso para as nossas aulas. Podem ver, aqui: http://www.youtube.com/user/aniBOOM/videos


Typographica

Quase numa penada… aqui fica mais um espaço online onde podem pesquisar e analisar mais algumas características ligadas às fontes (tipos de letras) e à tipografia. Chama-se Typographica.

Neste espaço, vejam por exemplo a secção Classification onde podem analisar os tipos de letra com serifa, sem serifa, entre muitos outros. Mas podem ainda ver e analisar muito mais em Designer ou Foundry. O professor, em EVT, quando realizar a abordagem à tipografia, fontes e construção de tipos, pode facilmente utilizar este espaço como referência para explorar algumas particularidades importantes a transmitir aos alunos. Conteúdos e áreas de exploração como Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Desenho e Impressão  podem facilmente ser trabalhados na disciplina (tanto EVT como EV).


Vuvox

Temos falado bastante no EVTdigital em aplicações, sobretudos ferramentas web 2.0 para a criação de apresentações bem diferentes daquilo que são os tradicionais “PowerPoints”. Apresentações mais dinâmicas, visualmente mais apelativas e, algumas verdadeiramente interativas. Esse é o caso da que agora partilhamos convosco aqui: chama-se Vuvox e vamos conhecê-la melhor.

O primeiro passo depois de entrarem no sítio do Vuvox na Internet é criar uma conta de utilizador gratuita. Depois de criada essa conta, podemos então começar a realizar a nossa operação carregando em Create. Há três opções possíveis: Express, Collage e Studio. A Express é mais indicada para criar álbuns, sejam eles a partir de contas de utilizador de espaços de armazenamento de imagens como o Picassa ou Flickr, por exemplo, ou então de feeds RSS ou mesmo da nossa conta do Facebook. A outra opção, que RECOMENDO, é a Express pois permite adicionar imagens, textos, vídeos e áudio às nossas apresentações. As apresentações são montadas e editadas horizontalmente, quase que como de uma linha de tempo se tratasse. Aliás, permite até, a partir de imagens que carreguemos para o Vuvox, editá-las na aplicação. Como disse, esta é a opção que recomendo. A terceira, a Studio, pode dar mais liberdade ao utilizador mas é mais complexa de utilizar pois a personalização exige algum conhecimento.

Como facilmente percebem, esta não é mesmo uma ferramenta só para EVT. Aliás, ela foi construída para apresentações, pode ser utilizada de forma muito interessante em EVT mas também em qualquer outra área disciplinar. Mas por falar em EVT, e dependendo dos conteúdos a abordar, dependendo isso da temática a trabalhar, a Comunicação é sempre um conteúdo presente.

E aqui fica um pequeno vídeo tutorial, muito bom, em Espanhol (que se percebe perfeitamente) e que ajuda a compreender todas as funcionalidades do Vuvox para a criação de uma apresentação Collage.

Explorem e sei que de certeza vão passar a utilizar!


3D Brush (agora, 3D Coat)

 Eis que apresentamos mais uma ferramenta para modelação 3D. No caso, não é um software livre, mas disponibiliza uma versão Demo com algumas limitações que, no contexto de utilização em escola, acabam por não ter grande influência e podemos trabalhar à vontade com os nossos alunos. Primeiramente esta aplicação, com vantagem de ter versão para Windows, Mac e Linux, chamava-se 3D Brush.

Neste momento adoptou o nome de 3D Coat e tem muitas mais funcionalidades. Parecido com o Z-Brush, também um software com os mesmo princípios, há quem diga que esta é ainda mais simples de trabalhar. Bem, da família do Z-Brush conheces já aqui o Sculptris, gratuito e que é, para mim, uma das melhores para trabalharmos com os nossos alunos.

 Depois de descarregarem e instalarem o programa, vão compreender que o modo de trabalho com esta aplicação é extremamente simples e intuitivo, conseguindo-se escolher um pré-modelo e depois alterá-lo e colocá-lo como entendermos. Podemos escolher uma personagem mas também objetos, sólidos e muitos mais elementos.

A experimentar e explorar em EVT ou mesmo EV, disciplinas onde podem abordar as seguintes áreas e conteúdos: Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Material, Medida, Trabalho, Construções, Desenho, Modelação/Moldagem e Pintura.

E aqui vos deixamos um pequeno vídeo tutorial dos muitos que encontrámos no YouTube, inclusivamente o canal oficial deste software que tem atualmente 81 vídeos e que podem também ser vistos a partir deste endereço: http://www.youtube.com/user/PILGWAY3DCoat/videos 


CoSketch

Apresento-vos agora uma excelente ferramenta para explorarem com os vossos alunos o desenho colaborativo online. Chama-se CoSketch e… Bem, vamos conhecê-la melhor e compreender como funciona.

Sem que haja sequer necessidade de criar uma conta de utilizador, podem diretamente entrar no CoSketch no endereço dado (carregar na ligação ou imagem acima) e podem de imediato começar a trabalhar. Ao iniciar o trabalho, se reparem na barra de endereço do vosso navegador da Internet, está lá um endereço novo, correspondente a uma novo trabalho online e que podem partilhar com os vossos colegas e amigos. Depois disso, há que começar a esboçar online, colaborativamente. O exemplo que vos deixamos no final deste artigo é um vídeo tutorial em que alguém partilhou uma foto (sim, permite adicionar ficheiros e trabalhar em camadas (layers) e outra pessoa vai criar um esboço a partir dessa imagem.

Uma excelente ferramenta para desenho colaborativo online e que pode potenciar projetos colaborativos entre alunos da mesma escola, entre turmas, entre escolas e mesmo em projetos internacionais. Que tal? Interessante, não?

Em EVT fica uma proposta simples para abordagem dos seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Forma, Trabalho, Desenho, Fotografia e Pintura.

E aqui fica o vídeo tutorial…


Animoto

Para a criação de apresentações, já muito fogem do tradicional PowerPoint, é um facto. Um facto é também já termos aqui divulgado outras ferramentas alternativas, muito boas e de excelente qualidade, fossem elas o Prezi, Ahead ou Slidestaxx. A que agora apresentamos chama-se Animoto.

A criação de uma conta gratuita no Animoto permite-nos realizar pequenos vídeo de apresentação de 30 segundos. Pouco? Talvez sim… Talvez não…. Exige, isso sim, um grande poder de síntese e de cativar para aquilo que é essencial, o que não deixa de ser interessante.

Depois de criada a conta gratuita, podemos adicionar vídeo, fotos, áudio e assim criar a nossa apresentação. Em 30 segundos, quase como num spot publicitário de televisão, é isso mesmo, deixar os nossos alunos curiosos, sagazes por descobrir aquilo que acabámos de apresentar (ou “dar a cheirar”).

Um recurso online que podemos (e devemos) aproveitar para exercitar a nossa capacidade de síntese, de nos focalizarmos naquilo que é essencial. Para apresentações, divulgação de eventos (ou qualquer outra coisa que se lembrem), um excelente recurso de comunicação, para EVT e qualquer outra disciplina do nosso ensino… Mas em EVT, uma boa perspetiva de utilização para aquilo que são os seguintes conteúdos e áreas: Comunicação, Movimento, Animação e Fotografia.

Recomendo, sinceramente… com o vídeo tutorial que também vos deixo já de seguida.


ComicMaster

 Para os amantes de Banda Desenhada (Comics), temos a apresentar-vos o ComicMaster, uma aplicação integralmente online que funciona a partir da criação de um registo de utilizador gratuito.

 Depois de criada essa conta de utilizador (gratuita), podemos iniciar a construção da nossa BD. Somos guiados para a construção, melhor, primeiro ara a organização da nossa prancha, para a escolha dos cenários, personagens nas vinhetas, balões, etc… O grande entrave desta aplicação é o facto de estarmos limitados às galerias online e bibliotecas que a ferramenta nos proporciona, o que não nos dá uma total liberdade de criação como por exemplo no Chogger que também já divulgámos aqui.

De qualquer forma, em EVT permite a abordagem a conteúdos e áreas de exploração como Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Trabalho, Animação e Desenho, isto para além de se perceber alguns conceitos importantes da gramática da banda desenhada e depois, podermos realizar uma abordagem mais aprofundada com recursos a outras ferramentas digitais e, sobretudo, ao papel, lápis, etc… aquilo que vulgarmente chamo de “ferramentas tradicionais” de expressão plástica…

Para terminar, tomei a ousadia de vos apresentar aqui um vídeo tutorial que descobri no Youtube (como todos os outros), que apesar de estar numa língua estranha (talvez de um país da Europa de leste), é interessante porque nos guia nos passos principais a dar nesta ferramenta que, não há língua que substitua a linguagem universal de vermos trabalhar e criar, passo-a-passo, com esta aplicação.

Bem, aqui fica o vídeo…


iStopMotion e DragonFrame

Para os utilizadores de Mac, e porque o EVTdigital divulga todo o tipo de ferramentas, para vários sistemas operativos, aqui deixamos o iStopMotion. Um software que podem utilizar para captura stop-motion e assim realizarem filmes de animação.

Mas para Mac (e ainda Windows), acrescente-se um software fantástico, de qualidade profissional que se chama DragonFrame. Vamos conhecê-los um pouco melhor.

No caso do iStopMotion, as limitações são consideráveis. Este software é proprietário e, como muitos, tem também a possibilidade de o descarregarem e testarem durante algum período de tempo sem limitações. MAS… neste caso a limitação de tempo é grande pois se o instalarem no vosso Mac apenas o vão poder utilizar sem limitações durante 5 dias… (sim, APENAS 5 dias…) O que será muito pouco para usar em contexto educativo. De qualquer forma, a versão Home custa apenas 50$ USD. De qualquer forma, há alternativas gratuitas mas este programa é muito simples de utilizar e com muito boa qualidade, simples de utilizar entre outras vantagens.

No caso do DragonFrame (esta é a nova versão do software que antigamente se chamava DragonStopMotion), podem descarregar uma versão para Mac mas também para Windows que funciona durante 30 dias! Sim, 30 dias, talvez o tempo necessário para realizar a captura de imagens com os nossos alunos e assim realizarmos um filme de animação na técnica escolhida. Este programa, na versão Trial de 30 dias que podem descarregar tem todas as funcionalidades ativas existindo apenas uma limitação: cada take (cena em gravação) apenas pode ter 50 frames capturados. Não é de todo um problema pois podemos guardar esses 50 frames e depois continuar noutro ficheiro… Apenas dá um pouco mais de trabalho, mas sem problema…

Em EVT (e também para usarem em casa e noutros locais), podem trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos, tendo sempre em conta que mais abordagens são possíveis consoante as técnicas de animação escolhidas: Comunicação, Luz-Cor, Material, Movimento, Trabalho, Animação, Construções, Fotografia e Desenho.

E aqui ficam dois vídeos tutoriais com a apresentação destas ferramentas. E não se esqueçam pois filmes como Coraline e o novo de Tim Burtun, Frankenweenie, que vai estrear em Outubro, foram (ou estão) a ser realizados com o DragonFrame. Experimentem que vale a pena… Vejam só o Spot animado que se realizou em 2011, nos Workshops do CINANIMA… Um Spot animado para o CINANIMA 2012, animado e filmado também em 3D ou o filme “Encaixa a Música”, também realizado nos Workshops CINANIMA 2011 e realizados com o DragonFrame.


Andy Warhol’s Marilyn Prints

Do espaço da Internet chamado Color, Vision & Art, das exposições online do Web Exhibits, surge o recurso Andy Warhol’s Marilyn Prints. Andy Warhol, um dos autores ícone da Arte Pop, com a “sua” Marilyn, num espaço onde podem explorar aquilo que Andy Warhol fazia nos seus silk screen.

 Depois de acederem a este espaço na Internet, irão ter acesso a uma breve introdução ao trabalho do artista e de como podem trabalhar este recurso online. Através da manipulação das várias ferramentas, poderão alterar as cores da impressão do trabalho da Marilyn. Muito simples de utilizar e intuitivo, é uma boa opção para em EVT (ou EV) se trabalhar a Cor e a obra de arte bem como as técnicas de impressão e falar sobre esta técnica particular de Andy Warhol.

Podem abordar os seguintes conteúdos e áreas de exploração de EVT: Comunicação, Luz-Cor, Pintura e Impressão.

Não se esqueçam, de visita obrigatória!…


Google SketchUp (ou agora, Trimble SketchUp)

Este é um artigo que publico para apresentar um programa mas que quase dispensava apresentações e divulgação. Chama-se Google SketchUp ou… afinal, se calhar até precisava pois já não é Google SketchUp mas sim Trimble SketchUp.

Este programa gratuito é uma excelente opção para os nossos alunos aprenderem conceitos interessantes de geometria, de visualização do espaço, para criar construções de vários tipos. Não é demasiado complexo trabalhar com o mesmo, apenas exigindo algum treino para conhecimento de todas as suas ferramentas. A interface bastante intuitiva ajuda a essa rápida tarefa.

Em EVT (ou EV) podem com os alunos criar um espaço para uma exposição, uma maqueta, um objeto, entre outros que era impossível aqui enumerar. Podem abordar as seguintes áreas de exploração e conteúdos de EVT: Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Material, Medida, Trabalho, Construções e Desenho.

Aqui fica um vídeo tutorial selecionado por mim entre os muitos que existem no Youtube e que também podem aproveitar para analisar.


Project Cartoon

Este espaço do The Project Cartoon é uma ideia e conceito absolutamente fantásticos. Parte-se de uma proposta de história em Banda Desenhada, e conta-se a história à nossa maneira. Podemos alterar as vinhetas e a partir daí conceber o argumento a partir das imagens… Complexo? Nem por isso…

Com o sistema de arrastar e largar, podemos fazer uma discussão em torno das imagens, do que eles podem representar, daquilo que podemos recriar. Um exercício interessante para os nossos alunos e até mesmo para nós! Experimentem… Ponham cada aluno, na vossa turma, em EVT (ou EV, ou Língua Portuguesa, Ciências… o exercício é bom para qualquer área), a tentar contar a sua história. Irão ver no final que as apresentações são absolutamente brilhantes pois com as mesmas imagens (BD/Cartoon) se podem contar histórias totalmente diferentes.

Aqui fica um vídeo a explicar o conceito e, em EVT, não esquecer que podem trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos: Comunicação, Animação, Espaço e Estrutura.


The Brilliant Line (Museum of Art – Rhode Island School of Design)

Um sítio espantoso na Internet é o do Museum of Art de Rhode Island School of Design intitulado The Brilliant Line. O destaque vai para o valor dado à Linha e à Gravura. Basicamente, são selecionadas 8 gravuras entre 1480 e 1650 e depois, de forma interativa, após seleção de cada obra, em 4 opções, podemos ver uma a uma ou conjugadas essas alternativas que são transpostas e explicados no valor expressiva da linha nessa gravura, num dos pormenores.

Apesar de no contexto de EVT (ou mesmo de EVT) não irmos tão longe na exploração técnica da Gravura, sempre é possível dar o enfoque às técnicas de impressão e à Linha, incluída na gramática visual.

Portanto, um sítio interativo a não perder, de facto, para depois, em EVT, podermos trabalhar o conteúdo Forma e as áreas de exploração de Desenho e Impressão.

Visitem e aproveitem!…


Kinder Art

O Kinder Art é um espaço online criado e mantido atualizado desde 1997 por Andrea e Jantje. Muito bem organizado, tem um acervo muito grande de recursos educativos para a disciplina de EVT.

No caso concreto apresentamos a secção de Pintura que só nesta área tem 101 recursos. Para explorar e adaptar às atividades letivas da nossa disciplina de EVT mas também para a disciplina de EV e em alguns casos para Expressão e Educação Plástica do 1º CEB. Há que experimentar e constatar isso mesmo.

A explorar e para trabalhar áreas e conteúdos como: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Material, Trabalho, Construções, Desenho, Fotografia e Pintura.


CB Model Pro (um freeware muito bom, por 15 dias)

Quando se fala em programas de 3D, de modelação e animação 3D, muitas pessoas pensam logo que este tipo de programas são demasiado complexos para alunos do 5º ou 6º anos. É verdade que alguns deles são de facto complexo e mais difíceis de trabalhar mas já divulguei aqui anteriormente outros bem simples como o Sculptris. O que agora apresento é um caso parecido pois é extremamente simples de trabalhar e produzir bons resultados finais. Chama-se CB Model Pro mas ATENÇÃO pois é um programa com versão de demonstração que apenas durante 15 dias sem limitações – um freeware, portanto.

 

Depois de instalarem este programa, disponível para Windows e Mac, e atendendo a que este programa, como dissemos, apenas está disponível na versão completa por 15 dias, podem explorar nesse período, livremente todas as suas funcionalidades. Aconselhamos que apenas instalem quando forem mesmo começar a usar o CB Model Pro para assim tirar partido máximo de todos os dias.

Vamos deixar-vos no final deste post/artigo, um vídeo tutorial no qual vão perceber o quanto é simples, realmente, trabalhar com este programa.

Para já, apenas dizer que pode ser explorado em EVT para múltiplos trabalhos e aplicações, podendo-se trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos da disciplina: Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Material, Trabalho, Animação, Construções e Modelação/Moldagem.

Aqui fica o vídeo e, não se esqueçam de experimentar!


OurStory

O OurStory é uma ferramenta que funciona integralmente online e que apenas precisam de criar um registo de utilizador gratuito. Tal como o Dipity ou o Timetoast, esta aplicação é similar. Criada especificamente para outros fins, é interessante a sua utilização em sala de aula.

 O OurStory foi criado como um LifeBlog ou para introduzir a cronologia de um facto, evento ou acontecimento. E por que razão é interessante para utilizar em contexto educativo. No caso de EVT ou EV podemos criar memórias descritivas sobre os trabalhos e projetos realizados. Imaginem os registos áudio, vídeo, texto, desenhos, imagens, links, tudo isso numa aplicação que organizamos cronologicamente. Pode servir como memória descritiva do projeto e mesmo para apresentação. Mas para outras disciplinas também poderá servir para biografias, cronologias, factos e acontecimentos históricos, etc…

Antes de vos deixarmos um vídeo tutorial que foi curioso encontrarmos no Youtube pois já é de 2007 quando a ferramenta foi apresentada publicamente (atenção pois agora já tem outro visual e mais funcionalidades, melhores, sobretudo, e graficamente mais apelativas), em contexto de EVT podem trabalhar as seguintes áreas e conteúdos: Comunicação, Espaço, Estrutura, Fotografia e Trabalho.