Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


Category Archive

The following is a list of all entries from the Recursos em Papel category.

Paper Folding for Pop-Up (de Miyuki Yoshida)

Este é o último post/artigo do EVTdigital? Não, não será certamente o último mas… é o que finaliza a divulgação das ferramentas digitais no âmbito deste estudo. E nada melhor do que partilhar convosco um recurso que não é digital, tal como no artigo anterior. É um recurso em papel, uma das minhas paixões: os Pop-Up books. Chama-se Paper Folding for Pop-Up e é de Miyuki Yoshida.

Em contexto de EVT (de EV e até ET) a exploração deste tipo de livros, muitos deles com mecanismos engenhosos e que o seu manuseamento e posterior análise por parte dos alunos faz-lhes despertar a curiosidade e a motivação para eles mesmos criarem os seus livros pop-up, ou mesmo que não sejam livros, postais… Mas podem ser brinquedos com mecanismos entre outros.

Tal como sempre referi (e defendi), acredito que é pela utilização articulada e sensata entre os recursos digitais e os “tradicionais”, como este, em papel, que os alunos conseguem uma aprendizagem mais rica, diversificada, e verdadeiramente significativa.

Anteriormente já tinha aqui divulgado os 5 livros pop-up de David A. Carter, para mim, dos mais fabulosos que existem. Divulguei também o espaço na Internet de Robert Sabuda, outro dos gurus da área. Chega agora a vez de Miyuki Yoshida e este livro que descobri recentemente e que é verdadeiramente fabuloso. No momento em que vos escrevo, ainda não o tenho. está encomendado e espero que daqui a uma semana ele chegue para me poder deliciar com ele… Enquanto não chega, partilho aqui convosco algumas das suas páginas num dos blogues que visitei e do qual retirei estas imagens e que infelizmente não guardei aqui a fonte para a publicar mas sei que era um blogue em Espanhol. Não podia deixar de partilhar convosco…  

Anúncios

DISNEY MOVING PICTURE MACHINE

A divulgação de ferramentas digitais está mesmo a acabar, aqui no EVTdigital. Mas como sempre disse e defendi, deve sempre haver a articulação dos vários recursos e suportes em contexto educativo, nomeadamente em EVT (ou qualquer outra área). Aqui apresento um desses recursos, uma das minhas paixões que é o cinema de animação, os brinquedos óticos e os princípios de animação de imagens. Chama-se DISNEY MOVING PICTURE MACHINE e vou já contar-vos a história do mesmo e para que serve.

(créditos da imagem: NAVA Design)

Este brinquedo, sim brinquedo, podemos chamar-lhe assim pois é um brinquedo ótico tem uma história longa e curiosa. O original do qual podem agora ter uma réplica, surgiu em força no mercado em 1938, depois da primeira aparição em 1935. Todos sabem que hoje em dia, muitas marcas, sejam cereais, detergentes e outros, por vezes oferecem brinquedos para os mais novos. Há muito anos, ainda me recordo, ofereciam espirógrafos e outros brinquedos educativos. Ora este Moving Picture Machine surge distribuído em 1938 através da parceria entre a Disney (por Walt Disney) e a Pepsodente Co. (sim, a das pastas de dentes).

Uma oferta que chegou assim a muitas e muitas pessoas e assim despertou a curiosidade pelo cinema de animação em particular mas também ao cinema no geral.

Agora, no site da Disney, numa produção da NAVA Design, são disponibilizados os planos para serem impressos (convém ser em cartolina ou num papel com boa consistência) e depois montados. São fornecidos com 2 baterias de imagens de filmes de animação da altura, claro.

Uma experiência fabulosa para redescobrir a animação e para também para além daquilo que é o digital e o que agora nos é proporcionado pela partilha nas redes, aquilo que também se pode conseguir na impressão, recorte, montagem, colagem, etc… Tudo isto também muito importante na nossa disciplina de EVT (ou qualquer outra e até mesmo para o desenvolvimento integral das crianças e jovens).

Basta carregarem na ligação acima ou na imagens e são convidados a visitar o espaço da Disney onde podem descarregar em pdf as instruções e os planos deste brinquedo óptico, que acaba por ser quase um projetor primitivo, para depois montar. Claro que já podem ver que isto permite explorar muitas áreas e conteúdos da EVT como: Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Material, Medida, Movimento, Trabalho, Animação, Construções, Desenho, Impressão e Mecanismos.

Fascinem-se… e aqui fica um vídeo onde se apresenta a máquina que depois a Disney aprimorou e fez distribuir com a colaboração da Pepsodent.


Canon CREATIVE PARK

E se agora vos mostrasse um sítio da Internet Japonês? Vamos a isso pois certamente ficarão deliciados(as)…

Certamente o nome Canon não vos é de todo estranho. Sim, esse mesmo, o da marca das impressoras. A Canon tem um espaço na Internet chamado Creative Park. E é precisamente esse espaço e os recursos nele contidos que vos vamos mostrar.

Ao entrarem neste sítio, encontram de imediato várias secções. No menu superior encontram 6 áreas correspondentes a outras tantas categorias que podem explorar. Normalmente costumo deter-me mais na secção Paper Craft e noutra chamada Art. mas qualquer uma deles permite explorações absolutamente surpreendentes. Todas as propostas apresentadas podem ser descarregadas e impressas para posteriormente ser montadas. Naturalmente que realizar apenas isso pode ser limitativo mas, se conseguirmos posteriormente criar as nossas próprias obras e trabalhos com os alunos, isso será excelente.

No separador Art é onde se encontra uma sub-secção chamada Origami. É lá que, apenas como exemplo, podemos mostrar este trabalho documentado na imagem abaixo e que posteriormente pode ser impresso e montado: chama-se Carp Streamer.

Outra das secções que acho fantástica é, como disse, a Paper Craft. É lá que podemos observar, analisar, descarregar e montar vários Paper Toys (brinquedos de papel) e mesmo Automatas (brinquedos de papel com mecanismos). Perceber esses mesmos mecanismos, analisá-los e depois poder aplicar os conceitos noutros contextos e aplicados à construção dos seus próprios brinquedos em contexto de sala de aula de EVT, EV ou ET, será fabuloso. Apresentamos aqui um desses exemplos chamado Traveling Pilot.

Mas,… nada como explorar pois dentro desta secção temos muitas outras como Animais, Arquitectura, Ciência, entre outros.

Acabámos??? Não, claro que não!… Há depois os Museus onde para além de continuarem a poder imprimir os modelos, podem conhecer um pouco mais sobre as temáticas como no Museu da Ciência ou no Museu da Arquitectura. No primeiro caso com explorações verdadeiramente fantásticas sobre os Dinossauros e na segunda, com os mais importantes monumentos de todo o mundo onde se inclui a Torre de Belém, em Lisboa.

Falta apenas dizer-vos que as explorações podem ser tantas em EVT, EV e ET que, principalmente em EVT, este recurso pode ser o mote para a abordagem dos seguintes conteúdos e áreas de exploração: Energia, Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Material, Medida, Movimento, Trabalho, Alimentação, Animação, Construções, Desenho, Impressão, Mecanismos, Modelação/Moldagem,

De facto, a não perder, garanto-vos…


Novos caminhos e mais públicos para o EVTdigital (Guias para EVT e EV)

Tal como referi no artigo anterior, as várias comunidades de prática que consegui congregar em torno da integração das TIC nesta área curricular de EVT envolveu quase 100 professores. Para além da recensão, catalogação e caracterização das ferramentas digitais, iniciámos aqui na Internet, em finais de 2009, este blogue do EVTdigital. Mais tarde, quase um ano e meio depois, tentámos (e conseguimos) produzir, realizar e editar um DVD com uma distribuição de Linux (à qual chamámos EVTux) que está disponível para todos, totalmente livre e que certamente, para quem já utiliza, percebe o que facilita o trabalho dos professores.

Para além de tudo isto, com os manuais do EVTdigital, com este blogue e com os quase 100 professores fomos chegando cada vez mais longe. De palavra em palavra, quase de boca em boca, este espaço ganhou dimensão mas, nunca a um nível verdadeiramente global junto dos professores mas também, sobretudo, dos alunos…

Foi nesta perspetiva que, com muito agrado, aceitámos o repto de uma editora e, de forma articulado e num princípio que defendemos, conseguimos levar mais longe o EVTdigital e o EVTux.

Referimo-nos precisamente às publicações que fiz para a editora Santillana e que acompanham os manuais de EVT e EV. Bem, não será bem assim pois, como muitos sabem, a disciplina de EVT deverá acabar mas o manual mantém-se. A publicação do “Guia de Exploração de ferramentas digitais em EVT” está a ser distribuído aos professores e, naquilo que foi nossa premissa, será entregue gratuitamente aos ALUNOS nas escolas em que for adotado os manuais dessa editora.

O mesmo acontece com o mesmo guia para a disciplina de EV, do 3º CEB. Nas suas introduções ficou também expressa a referência aos espaços do EVTdigital e do EVTux e, o melhor de tudo, será o Livromédia desta editora, nestas disciplinas, que incluirá ligações para os sites das ferramentas digitais listadas no EVTdigital, para os manuais aqui publicados (sim, sem inclusão física, apenas acessíveis através da ligação aqui ao EVTdigital) e ainda 62 tutoriais vídeo que explicam como trabalhar com algumas destas ferramentas.

Poder contar com esta preciosa colaboração foi de facto o culminar de uma parte deste trabalho que, assim, chegará mais facilmente a todos os professores e alunos, assumindo sempre um princípio que defendo de acesso gratuito às ferramentas, com guias que acompanham outros produtos e que podem ser oferecidos, tudo isto para uma plena integração curricular das TIC nestas áreas curriculares.

Ao longo deste artigo aqui ficaram algumas imagens destes guias que podem conhecer nas vossas escolas e que, certamente, até alguns já conhecem.

José Alberto Rodrigues

EVTdigital


White Noise by David Carter

Ao fim de quase 2 meses de espera, finalmente já tenho comigo o último pop-up book de David Carter intitulado White Noise.

E digo-vos, mais uma vez, um êxtase visual e repleto de criatividade. Uma verdadeira obra de arte, em livro. A proporcionar reflexão, assimilação e… asas para voar. Um verdadeiro manancial de ideias a explorar.

 

 

Como vos tinha prometido, aqui vos deixo as imagens que fiz do livro e converti num pdf.  De qualquer forma, não se iludam: qualquer semelhança destas imagens com a realidade do livro em si são mera coincidência, impossíveis de comparar. Só comprando, só folheando, só interagindo conseguem ter a total e real percepção da obra.

Um exemplo disso é a imagem destas páginas da imagem seguinte. Sim, é verdade… puxamos e produzem sons… Uma verdadeira maravilha!

 

 

Deixo-vos então o pdf, na esperança que o encomendem numa boa livraria. E digo-vos, vale em a pena.

Ah, pois… este é mais um daqueles posts no EVTdigital que nada têm a ver com recursos digitais. Pois é, apenas na verdadeira multiplicidade e diversidade de recursos é que enriquecemos!

Para acederem ao pdf com as imagem do livro, carreguem AQUI (White Noise by David Carter)

 

 


Flying-Pig & Paper Toys

E qual é a novidade que vos trago hoje?

Paper Toys. Exactamente, brinquedos de papel. A magia dos brinquedos de papel. Anteriormente já vos dei aqui a conhecer um software que permite fazer este tipo de brinquedos e construções em papel. O que hoje vos apresento é o Flying-Pig.

Flying-Pig

Pois é, o site do “Porco-Voador” é uma autêntica pérola. Naturalmente que podem pensar (e com razão) que os paper toys têm muito de suporte papel. E é verdade. Mas, também muito necessário. Aliás, sempre defendi e continuo a defender que é com a utilização de diversos suportes ao ensino e aprendizagem da EVT que se propiciam aprendizagens mais significativas.

As construções que se podem fazer, a par dos famosos “Origami”, estimulam (e muito) a capacidade criativa, cognitiva e de concentração das crianças.

No site do Flying-Pig podem descobrir uma série de paper toys que são pagos. No entanto, existe uma pequena secção com exemplos (uns 4 ou 5) que podem ser descarregados livremente e construídos. Podem ser vistos e descarregados AQUI.

Alguns, para além de simples paper toys são também considerados mechanical toys ou automatas. Este tipo de definição corresponde a brinquedos/construções de papel que envolvem mecanismos. Ora… nem mais. Movimento é um dos conteúdos de EVT e Mecanismos uma área de exploração. Experimentem pois é fascinante este tipo de trabalho em contexto de EVT.

Para além dos que já vos foi transmitido, inclusivé o link onde podem descarregar alguns livremente, no site do Flying-Pig temos uma secção dedicada aos MECANISMOS. Aqui, podemos ver demonstrações de mecanismos, dos mais simples aos mais complexos, com exemplos animados do efeito que podem produzir. Uma autêntica maravilha e recurso fundamental para a EVT. Nessa secção têm três espaços: Motion, Mechanisms e Conpound Mechanisms. Basta carregar em cada link/secção e são apresentadas, dentro de cada uma, várias simulações. experimentem pois vale a pena. A partir daí… mãos à obra e cabeça a imaginar construções fantásticas em EVT.

E porque sei que esta é uma temática excepcional para se trabalhar em EVT, brevemente divulgarei aqui uma lista exaustiva, baseada em vários meses de pesquisa, com bastantes sítios da Internet que disponibilizam estes recursos gratuitamente para construirmos. E só algum tempo para organizar a informação. Desde monstros a câmaras fotográficas pinhole, passando por cartoons em paper toys, a lista é absolutamente fabulosa. Além disso, os indispensáveis paper toys considerados “Mechanical Toys” ou “Automatas” também estarão presentes na lista.

Aguardem então por um post intitulado “PAPER TOYS”.