Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


HyCAD

É natural que para alunos do 2º ciclo seja estranho falar em CAD. Há programas CAD acessíveis para este tipo de alunos desta faixa etária, sobretudo alguns que são específicos para Linux. Este é de origem Japonesa, para CAD e chama-se HyCAD.

Com uma interface visualmente muito apelativa e intuitiva, pode constituir-se constituir-se como uma boa escolha para este tipo de trabalho em EVT. Trabalhos simples, de construção 3D e rápida visualização. Muito interessante para o desenvolvimento de muitas capacidades dos alunos.

Em EVT, muito interessante para a abordagem dos seguintes conteúdos e áreas de exploração: Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Trabalho, Construções, Desenho e Modelação/Moldagem.

Infelizmente não encontrámos nenhum vídeo tutorial no YouTube, nada como experimentar!


AutoQ3D

Para terminar as publicações de hoje, uma ferramenta de 3D que não é muito complexa de utilizar e que evoluiu bastante nos últimos tempos. Chama-se AutoQ3D é pode ser um bom recurso, pois tal como referimos, até já tem disponíveis versões para iPad e Android (dispositivos móveis, portanto). Mas carregando na ligação acima ou na próxima imagem, acedem ao Sourceforge onde têm as versões primitivas desta aplicação, antes da última revolução.

É um software que podem descarregar livremente do espaço acima, acedendo a “Files”. Mas atualmente existe uma nova versão, como referi. Podem aceder ao novo sítio na Internet AQUI. Nesta nova versão, têm disponíveis versões Trial (para testar) para Windows e Linux (Suse e Ubuntu). Mas há também disponível a versão livre deste programa, para Windows, na AutoQ3D Community, inclusive o código fonte do mesmo pois é distribuído em GNU – General Public Licence. Para acederem a essa nova página e realizarem depois o download, podem carregar na imagem abaixo.

Resta-nos uma pequena explicação e contextualização relativa à sua utilização em sala de aula. Na disciplina de EVT, ou mesmo EV ou até ET, podemos utilizar esta aplicação para desenho 3D (ou mesmo CAD) e as abordagens podem passar pela geometria, construção de sólidos, modelação de objetos, tudo isto aplicado a múltiplos contextos. Nada como experimentar. Quanto a conteúdos e áreas de exploração da EVT, podem focalizar-se nos seguintes: Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Trabalho, Construções, Desenho, Mecanismos e Modelação/Moldagem.

Para terminar, aqui fica um pequeno vídeo tutorial encontrado no Youtube e que, na versão mais antiga desta aplicação faz a construção de uma cadeira.  


WinTopo

Existem softwares gratuitos com muito interesse mas desconhecidos pela maioria das pessoas. Um deles chama-se WinTopo. Tem uma versão Pro mas também uma versãt Standard que é gratuita.

Este software permite algo verdadeiramente extraordinário. Se calhar, não tanto para o contexto de EVT. Em EVT a sua aplicação será relativamente reduzida mas, para os Arquitectos e até professores do 3º CEB em Educação Visual ou a nível secundário, muito interessante. Este software faz a conversão de ficheiros de imagem (bmp, jpg, png e outros) em formato vectorial e que podem ser depois trabalhados em programas CAD ou até mesmo o Google Sketchup.

É, de facto, uma verdadeira maravilha. Com pouco trabalho, uma qualquer planta ou desenho pode posteriormente ser trabalhada de forma muito simples.

Em contexto de EVT pode ser uma boa ferramenta para abordagem das seguintes áreas de exploração/conteúdos: Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Construções, Desenho.

Aqui fica um pequeno vídeo tutorial de exemplo:


Autodesk – Project Butterfly

Vamos agora entar num “mundo” mais complexo. A ferramenta que agora vos divulgo está a um nível mais profissional mas, em certos casos, é possível utilizá-la em contexto de EVT. Naturalmente, para integrar em projectos muitos simples e apenas a um nível de 6º ano de escolaridade. Essa ferramenta funciona online, a partir da criação de uma conta de utilizador, e chama-se Autodesk – Project Butterfly servindo para desenhos técnicos e de máquinas, o que poderá ser útil em EVT quando abordamos os mecanismos.

Não sendo de rápida assimilação, quer nas suas funcionalidades quer em termos de trabalho com as suas ferramentas, é possível, com algum treino e prática desenvolverem-se trabalhos interessantes em EVT.

Seguramente que os mais atentos identificarão logo semelhanças desta ferramenta com aquilo que se chama CAD – Desenho Assistido por Computador, muito usado na Engenharia e Arquitectura.

De qualquer modo, a espreitar. Possíveis explorações em EVT para: Espaço, Estrutura, Forma, Medida, Material, Movimento, Trabalho, Desenho, Mecanismos, Construções.

Bem, aqui fica um pequeno vídeo tutorial para os mais curiosos e aventureiros, porque não!