Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


“As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL”

Viva!

Já conhecem a aplicação “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL” que foi divulgada oficialmente hoje, a 31 de janeiro de 2013?

imagem_newsletter_01

Se não conhecem, irei dar-vos a conhecer esse recurso mas antes, algumas breves notas.

Como sabem, no âmbito do trabalho que desenvolvo, iniciei a partilha dos resultados da minha investigação aqui mesmo, no EVTdigital. Começamos fez a 25 de dezembro de 2012 dois anos. Ao fim de um ano de vida do EVTdigital, novas perspetivas  se vislumbravam: como tornar mais simples e acessível todo o acervo construído em torno da investigação e do EVTdigital? Como organizar toda a informação de forma a torná-la de mais fácil pesquisa para os professores?

Foi assim que demos um novo passo e, construímos o EVTux, uma distribuição livre  Linux, baseada em Ubuntu, e que  simplificava a pesquisa, análise e seleção das ferramentas digitais listadas neste estudo. Ficou disponível online para download e, mais tarde, numa edição em DVD disponibilizada numa edição produzida pelo CIDTFF da Universidade de Aveiro.

Mas… (há sempre um mas…) os percursos não são fáceis. Em pleno desenvolvimento destes materiais, existiu uma revisão da estrutura curricular que veio acabar com a disciplina de EVT – Educação Visual e Tecnológica. Tal como sempre disse, muitos destes recursos recenseados eram passíveis de ser utilizados noutros contextos, fossem eles de EV no 3º ciclo ou até mesmo noutras disciplinas, como muitos colegas perceberam e me afirmavam: utilizavam alguns destes recursos em disciplinas tão diversas como línguas estrangeiras, matemática, português, etc… Como sempre disse, as ferramentas, em si mesmas, nada fazem. Somos nós, educadores e professores, que temos que encontrar nas mesmas os princípios que iremos utilizar em contexto educativo, com os alunos, para realmente as considerar ferramentas digitais com potencial pedagógico. Muitas vezes, é isso que falta: a estratégia de utilização educativa dos programas/aplicações.

A referida revisão da estrutura curricular acabou com a disciplina de EVT no 2º ciclo do ensino básico e fez nascer as disciplinas de EV e ET. E perguntava-se: e agora, o teu trabalho? Pergunta com sentido, claro. Mas sempre disse que as ferramentas que pesquisei, analisei e recenseei continuam a ser válidas. Algumas em ET mas maior parte delas em contexto da disciplina de EV. Assim, houve a necessidade de criar esta aplicação – “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL” para comprovar isso mesmo e contextualizar num novo paradigma o trabalho que desenvolvi. Claro que se me perguntarem, GARANTO, defendo que a EVT é muito mais pertinente na faixa etária do 2º ciclo e tem muito mais sentido de concretização para os alunos.

Mas quanto à aplicação “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL”, vamos então conhecê-la melhor. Foi construída tendo por base um conceito simples de agregar toda a informação produzida ao longo do tempo e adequá-la ao novo contexto da disciplina de EV. Numa interface com navegação muito simples e intuitiva, primou-se pela sobriedade das formas, das cores e da estruturação da informação de forma a torná-la prática numa consulta rápida.

Conhecendo ainda um pouco melhor…

A navegação nesta aplicação foi pensada de forma a simplificar a pesquisa de ferramentas digitais que possam ser usadas na disciplina de Educação Visual, tanto no 5º como no 6º ano de escolaridade e ainda em Projetos a desenvolver. Ao acederem à secção 5º ano têm disponíveis as Unidades U1, U2, U3 e U4, tal como acontece com o 6º ano tendo acesso às Unidades U5, U6, U7 e U8. Encontram ainda um conjunto de 6 temáticas na secção Projetos e que podem ser exploradas com a utilização de ferramentas digitais, no caso de âmbito mais alargado e que são comuns ao 5º e 6º ano.

Na parte superior da aplicação terão sempre acesso ao menu principal e, para efetuar uma pesquisa, deverão carregar numa das Unidades ou Temáticas, sendo apresentadas na parte inferior da aplicação um conjunto de sugestões de ferramentas digitais que podem ser utilizadas em contexto de Educação Visual e referentes à pesquisa efetuada. Para efetuar uma nova pesquisa bastará selecionar uma outra Unidade ou Projeto.

A apresentação de resultados de cada pesquisa indica sempre sugestões com os nomes de ferramentas digitais passíveis de ser utilizadas bem como uma breve descrição das funcionalidades da mesma, ligação de acesso direto à ferramenta online ou página de download, ligação para o manual dessa aplicação e uma lista de temas sugeridos que podem ser abordados com a utilização dessa aplicação em Educação Visual.

FINALMENTE… vamos ao que tanto pretendem: a aplicação “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL”. Antes de mais, dizer-vos que a aplicação foi desenvolvida pela Editora ASA a partir do conceito que transmiti através de um guião multimédia elaborado para o efeito.

– Para acederem à aplicação e ver online “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL” podem carregar aqui: http://nlstore.leya.com/asa/newsletters/ev/imagens/HTML/vFinal.html
– Podem ainda fazer download gratuito da aplicação a partir deste endereço: http://nlstore.leya.com/asa/newsletters/ev/nl_ev.html o que permita a qualquer pessoa gravar a aplicação numa pen drive e tê-la sempre consigo mesmo que não tenha acesso à Internet.
Mas ainda melhor: workshops sobre “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL”! É verdade, o ccTICua – Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro irá promover dois workshops sobre esta aplicação. Uma no dia 4 de março de 2013 e a outra no dia 8 de abril de 2013. Ambas a uma segunda-feira e das 17 às 20 horas. A participação não tem qualquer custo MAS a inscrição é obrigatória.
Para se inscreverem numa dessas formações, devem escolher a data e preencher o formulário existente nesta página: http://ccticua.blogs.sapo.pt/5331.html
Para já, apenas existem estas duas datas mas na eventualidade de existirem muitos interessados, poderão criar-se mais sessões.

Um abraço a todas e todos vocês e,…

Espero que gostem e, acima de tudo, “As ferramentas digitais do MUNDO VISUAL” vos seja muito útil em contexto pessoal, profissional e educativo!

JAR

Anúncios

O EVTdigital continua VIVO! Obrigado!… (e pré anúncio de prendas)

É verdade amigas e amigos do EVTdigital! Faz amanhã precisamente 4 meses que já não escrevia aqui no EVTdigital!

É tempo de voltar a enviar-vos uma mensagem. Aqui está ela!

E esta mensagem é de agradecimento, profundo, a todas e todos vocês que continuam a visitar o EVTdigital. Como avisei no final de junho deste ano, novas etapas surgiam e outras metas se impunham. Atualizei na altura o blogue com 140 divulgações de ferramentas digitais que ainda faltavam divulgar e que foram recenseadas no meu estudo e fiz uma pequena despedida. Disse e cumprirei: raramente farei aqui publicações pois há dados ainda a tratar e uma tese para redigir e, o tempo urge. Mais tarde voltarei…

Muitos de vocês já devem ter constatado aquilo que de bom nós dá a internet e determinadas aplicações. No entanto, há também a “morte” de muitas. Já devem ter constatado que algumas ferramentas que outrora divulguei, hoje já não existem. Ou foram substituídas, ou evoluíram ou acabaram mesmo. O mundo das tecnologias, como na vida, é assim mesmo: feito de renovação. Um dia mais tarde, talvez daqui a um ano, volte em força a este blogue.

Também a eliminação da disciplina de EVT do currículo e a sua substituição por EV e ET foi um rude golpe. Valha-nos ainda o programa de EVT estar em vigor, apesar de novas disciplinas e metas para as mesmas. Não deixa de ser um paradoxo  mas enfim… Pelo menos a indexação que fiz das ferramentas digitais, deixa abertura para que as mesmas continuem a ser utilizadas.

Mas como dizia no título deste artigo/post, tenho apenas que vos dizer: OBRIGADO!

OBRIGADO porque as estatísticas do blogue EVTdigital continuam a surpreender-me. É a vocês todos que aqui reconhecem o valor da informação, das ferramentas digitais e ponto de encontro para encontrarem aquilo que procuram, que o EVTdigital se tem mantido com uma boa estatística de acessos. Ao nível dos anos anteriores com cerca de 200 acessos diários (por vezes bem mais) outras menos (principalmente em interrupções letivas e fins de semana). Em quase 3 anos (faltam-nos precisamente 2 meses para o EVTdigital completar 3 anos) estamos com mais de 157.000 acessos. Chegando ao dia 25 de dezembro de 2012, se tivermos nessa altura 165.000 acessos, dará uma média de 55.000 acesso por ano. Qualquer coisa com mais de 4.500 acessos por mês e uma média aproximada de 150 por dia.

Por tudo isto, por me continuarem a surpreender e por continuarem a ter o EVTdigital como referência, MUITO OBRIGADO.

A dois meses de completarmos 3 anos, vou ainda esta noite deixar-vos em mais alguns posts/artigos, umas prendas.

Um abraço digital, do EVTdigital

José Alberto Rodrigues

JAR


Um até já e muito obrigado a todos os seguidores do EVTdigital…

Fez precisamente ontem 2 anos e meio que nasceu o EVTdigital. Ao longo de todo esse tempo, este espaço do EVTdigital serviu para no âmbito do estudo que desenvolvi (e ainda desenvolvo) criar um espaço de partilha com todos os professores. Com todos os professores de EVT em particular mas também todos os professores em geral e ainda todos quantos por aqui fossem passando.

Primeiro começamos por divulgar ferramentas digitais que pudessem ser integradas em contexto da disciplina de EVT que, ao que tudo indica, acabará (sem se saber muito bem o seu porquê) mas que sempre referi, pela indexação feita das ferramentas, que as mesmas servem quer seja EVT, EV, ET ou até muitas outras áreas curriculares, para uso em contexto educativo. Quem sempre acompanhou este espaço, sabe disso mesmo. Depois de divulgadas as ferramentas digitais, de forma mais ou menos regular fomos partilhando as mesmas aqui e, ao mesmo tempo, fomos trabalhando com vários grupos de colaboradores, todos docentes da disciplina de EVT. Ao fim deste tempo todo, para o estudo, recenseamos 430 ferramentas digitais. Fruto daquilo que sabemos ser a Internet e as tecnologias nos dias de hoje, algumas dessas ferramentas já nem estão disponíveis mas entretanto surgiram outras. Com os vários grupos de colaboradores, em verdadeiras comunidades de prática para a integração das TIC em EVT, fomos realizando manuais dessas ferramentas digitais. Atualmente temos aqui publicados 358 manuais mas espera-se que em final de agosto possamos partilhar aqui convosco mais umas duas dezenas (ou quem sabe, até mais)…

Quem acompanha este espaço, sabe também que fomos ainda muito mais além. Temos a nossa conta no twitter e página no Facebook. Mas, até onde fomos? Pois bem, fomos até onde nem sequer julgávamos conseguir ir. Com a ajuda do Nelson Gonçalves, criámos o EVTux, uma distribuição de Linux, baseada em Ubuntu e que resume todo o trabalho do EVTdigital, incluindo softwares Linux já pré-instalados na distribuição, no browser do EVTux, e distribuídos pelas 35 categorias criadas, todas as ligações para as ferramentas digitais listadas no estudo e, melhor do que tudo, inclui-se uma pasta no ambiente de trabalho desta distribuição, com todos os manuais já realizados. Na versão descarregável do blogue em http://evtux.wordpress.com ou da edição realizada pelo CIDTFF da Universidade de Aveiro, com 299 manuais mas com todos os outros disponíveis a partir do blogue para poderem ser adicionados à pasta.

Neste blogue do EVTdigital, puderam também conhecer um pouco mais deste estudo, acesso aos manuais publicados, a uma lista temática completa (que prometemos depois facultar de forma mais interativa e de pesquisa dinâmica), as publicações que fomos realizando, quer a partir dos workshops realizados ou então em conferência em que participamos…

Será este post/artigo uma despedida? Não, não é!… O EVTdigital ficará SEMPRE online para todos quantos queiram descobrir um pouco mais. Ainda neste últimos dias que faltam de junho e em julho poderão surgir alguns posts/artigos aqui no EVTdigital. Mas quanto a ferramentas digitais do estudo, isso sim, acabaram as divulgações. O próximo ano letivo será para redigir uma tese que certamente tratará daquilo que vocês aqui foram acompanhando. Estou certo que futuramente, sempre que descubra uma nova ferramenta e que seja interessante a divulgarei aqui MAS… não estranhem se a partir de agosto de 2012 este blogue deixar de ter atualizações! A gestão de tempo assim o obriga, como devem compreender. Digo agosto pois até essa data devem os meus últimos colaboradores ter os manuais prontos para aqui serem publicados. Então, a partir de setembro, pouco mais será aqui partilhado. Faltará divulgar a lista completa de ferramentas atualizada, já com indexação a pesquisa e finalmente a avaliação final das ferramentas que colocará em cada uma das 35 categorias as ferramentas que melhor se adequam a cada contexto. MAS… certamente não resistirei a deixar-vos aqui algumas notas, artigos e comentários sobre o estudo, sobre o trabalho desenvolvido e até algumas situações particulares relacionadas com o fim da disciplina de EVT, que muito me entristece…

Portanto, para já, um até já e muito obrigado a todos os seguidores do EVTdigital…


Novas divulgações para junho e julho, no EVTdigital

Aos seguidores deste blogue do EVTdigital.

Como já anunciado várias vezes, ainda faltam divulgar neste espaço bastantes ferramentas digitais. No estudo que realizámos, listámos 430 ferramentas. Já temos aqui publicados 358 manuais e criada a distribuição EVTux. Mas faltam ainda divulgar bastantes ferramentas!…

O trabalho que iremos realizar este mês de junho e o próximo, julho, será divulgar, pelo final da tarde de cada dia, umas 4 ou 5 ferramentas digitais. Assim, esperamos que lá para meados de julho tenhamos todas as ferramentas digitais incluídas neste estudo já divulgadas no EVTdigital.

Como sabem, algumas ferramentas já foram compradas, outras deixaram de existir mas, a maioria delas, continua a funcionar. Apesar de no estudo realizado ter sido necessário estabelecer um limite temporal e datas, há sempre novas ferramentas digitais a surgir. Posteriormente, sempre que tivermos conhecimento de algumas ferramentas, iremos aqui partilhá-las convosco.

Para já, aqui fica a nota de divulgação e todos os dias os subscritores deste blogue irão receber a indicação de mais algumas ferramentas que podem ser trabalhadas em contexto de EVT… e não só… Muitas destas ferramentas estão indexadas a conteúdos e áreas de exploração/temáticas, pelo que a sua aplicação pode ser feita em disciplinas como Educação Visual, Educação Tecnológica, TIC e  muitas outras, bastando para tal perceber em que contexto aplicá-las.

Um abraço da equipa EVTdigital!

JAR


Novos caminhos e mais públicos para o EVTdigital (Guias para EVT e EV)

Tal como referi no artigo anterior, as várias comunidades de prática que consegui congregar em torno da integração das TIC nesta área curricular de EVT envolveu quase 100 professores. Para além da recensão, catalogação e caracterização das ferramentas digitais, iniciámos aqui na Internet, em finais de 2009, este blogue do EVTdigital. Mais tarde, quase um ano e meio depois, tentámos (e conseguimos) produzir, realizar e editar um DVD com uma distribuição de Linux (à qual chamámos EVTux) que está disponível para todos, totalmente livre e que certamente, para quem já utiliza, percebe o que facilita o trabalho dos professores.

Para além de tudo isto, com os manuais do EVTdigital, com este blogue e com os quase 100 professores fomos chegando cada vez mais longe. De palavra em palavra, quase de boca em boca, este espaço ganhou dimensão mas, nunca a um nível verdadeiramente global junto dos professores mas também, sobretudo, dos alunos…

Foi nesta perspetiva que, com muito agrado, aceitámos o repto de uma editora e, de forma articulado e num princípio que defendemos, conseguimos levar mais longe o EVTdigital e o EVTux.

Referimo-nos precisamente às publicações que fiz para a editora Santillana e que acompanham os manuais de EVT e EV. Bem, não será bem assim pois, como muitos sabem, a disciplina de EVT deverá acabar mas o manual mantém-se. A publicação do “Guia de Exploração de ferramentas digitais em EVT” está a ser distribuído aos professores e, naquilo que foi nossa premissa, será entregue gratuitamente aos ALUNOS nas escolas em que for adotado os manuais dessa editora.

O mesmo acontece com o mesmo guia para a disciplina de EV, do 3º CEB. Nas suas introduções ficou também expressa a referência aos espaços do EVTdigital e do EVTux e, o melhor de tudo, será o Livromédia desta editora, nestas disciplinas, que incluirá ligações para os sites das ferramentas digitais listadas no EVTdigital, para os manuais aqui publicados (sim, sem inclusão física, apenas acessíveis através da ligação aqui ao EVTdigital) e ainda 62 tutoriais vídeo que explicam como trabalhar com algumas destas ferramentas.

Poder contar com esta preciosa colaboração foi de facto o culminar de uma parte deste trabalho que, assim, chegará mais facilmente a todos os professores e alunos, assumindo sempre um princípio que defendo de acesso gratuito às ferramentas, com guias que acompanham outros produtos e que podem ser oferecidos, tudo isto para uma plena integração curricular das TIC nestas áreas curriculares.

Ao longo deste artigo aqui ficaram algumas imagens destes guias que podem conhecer nas vossas escolas e que, certamente, até alguns já conhecem.

José Alberto Rodrigues

EVTdigital


Mais manuais no EVTdigital (os últimos a publicar)

Olá!

Amigas e amigos do EVTdigital…

É bom sentir que este espaço, apesar das poucas atualizações que atualmente tem tido, continua a ser uma boa referência para vocês. Os números de acesso ao blogue do EVTdigital assim o indicam.

Mas este artigo serve apenas para vos alertar que nos próximos dias serão publicados no EVTdigital os últimos manuais das ferramentas digitais que aqui foram sendo listadas e divulgadas.

São mais de 50 manuais o que irá totalizar, para quase 400 ferramentas digitais listadas, catalogadas e categorizadas, mais de 350 manuais dessas mesmas ferramentas. São cerca de 90% de manuais realizados, uma tarefa árdua que só com o apoio de muitos colaboradores foi possível.

Assim, esperem só mais um ou dois dias para verem esses manuais publicados.

Quanto à divulgação de ferramentas, ainda faltam algumas e com a brevidade possível também serão aqui apresentadas.

Um abraço do EVTdigital!


EVTUX

A todos os amigos, colaboradores, utilizadores e visitantes do EVTdigital, deixo-vos aqui um repto.

A pergunta é:

– O que será; o que quererá dizer; para que servirá a imagem abaixo? Que aplicação irá ter?

 

As respostas devem ser dadas em forma de comentário a este post no EVTdigital ou então através do Facebook ou Twitter.

 


Encontro “Projectos TIC na Educação: âmbito, compromissos e parcerias”

É com prazer que vos anuncio que fui pessoalmente convidado pelo Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro para realizar um pequeno workshop numa sessão paralela no Encontro Regional intitulado “Projectos TIC na Educação: âmbito, compromissos e parcerias”.

O título da comunicação/workshop a apresentar é: “As ferramentas Web 2.0 e
software livre/gratuito em EVT, nas Artes e na Educação”

 

 

Acontecerá nos dias 12 e 13 de Novembro de 2010, na Universidade de Aveiro e as inscrições são limitadas a 60 participantes. Para se inscreverem e obterem mais informações podem consultar a página do Encontro AQUI. O programa do Encontro pode ser consultado online ou aqui: Programa_Encontro_CCTIC_UA.

Espero que aproveitem a oportunidade para se inscreverem e, já agora, que eu tenho o prazer de vos ter e ver por lá!

Então, até lá!

José Alberto Rodrigues

 


EVTdigital e as Metas de Aprendizagem da EVT (breve análise)

Como já muitas pessoas (e em especial os utilizadores do EVTdigital) devem saber, foram publicadas as Metas de Aprendizagem.

No caso particular, incidimos a nossa análise, ainda que breve, nas Metas de Aprendizagem para a Educação Visual e Tecnológica.

Esta breve análise apenas se centrou na questão da referência (ou não) das TIC e das Ferramentas Digitais na disciplina de EVT. Não substituindo o currículo e o programa específico da disciplina (essa nota é bem expressa e vincada) que data de 1991, estabelece as metas de aprendizagem para a EVT. Não colocando em questão outros pontos positivos/negativos possíveis de apontar, apenas queremos deixar aqui o apontamento importante para o seguinte:

– No Domínio “Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação”, sub-domínio “Comunicação Visual e Processo Tecnológico – Conceitos, Princípios e Operadores Tecnológicos”, para a Meta Final 8 estabelece-se que “O aluno utiliza as Tecnologias da Informação e Comunicação (ambientes digitais) para criar produtos gráficos estáticos e/ou dinâmicos”.

Ora, esta é uma perspectiva interessante. Poderemos assumir que há uma abertura para numa possível revisão curricular assumirmos, tal como aqui já se antevê, uma utilização das TIC em EVT já não só e apenas com um cariz transversal e generalista mas, na utilização de “ambientes digitais” para a produção/realização de produtos de aprendizagem decorrente da EVT, dos seus conteúdos e áreas de exploração, quer integrados em projectos e noutros contextos. Acho feliz a escolha do termo “ambiente digitais”. Poderíamos referir  ferramentas digitais, também, mas ambientes digitais cria uma perspectiva mais holística. Apesar do termos ambientes ter que ser bem explicado pois seguramente muitos docentes de EVT não perceberão o alcance da terminologia adequado, muito por falta de informação/formação na área das TIC.

Depois, estabelecem-se 6 metas intermédias até ao 6º ano de escolaridade. Apesar de se poderem tornar confusas para muitos professores, considero-as coerentes. No entanto, na minha análise, considero que a redução para 4 metas intermédias era perfeitamente possível.

O que considero mais fundamental nestas metas intermédias é a articulação entre os métodos convencionais (e ferramentas tradicionais) e as ferramentas digitais.

Menos positiva (e muito limitadora) é a referência à utilização de “ferramentas disponíveis no software”. Seria difícil confundir mais os docentes!… Depois, e considerando que uma grande parte dos professores tem dificuldade no domínio das ferramentas digitais e desta terminologia específica, apresentam exemplos entre parentesis. De certeza que muitos professores foram pesquisar o que era o GIMP (por desconhecerem) ou o Impress…

Eu pergunto: para quê estes exemplos? Aqui no EVTdigital temos listadas cerca de 300 ferramentas digitais possiveis de ser aplicadas em contexto de EVT. Sim, 300!

Não seria mais importante indicar ” a utilização de ferramentas digitais baseadas na Web 2.0 e em software livre ou gratuito”? É que se os colegas de EVT não sabem o que é o GIMP, pesquisam e encontram… Mas ficam limitados a essa referência. No caso, era preferível os docentes pesquisarem sobre ferramentas web 2.0 para EVT. Aí, de certeza que uma pesquisa num motor de busca indexaria muitas referências para além de 3, 4 ou 5 exemplos. Aliás, basta fazerem isso e muitos resultados da pesquisa que por exemplo o Google devolve acabam por ser para o EVTdigital. E este espaço serve para isso mesmo: para ajudar os docentes nessa pesquisa e selecção.

Bem… mas eu disse que isto era uma breve análise. E por aqui termino. No sentido positivo e com críticas construtivas para que talvez este post chega a alguém de direito que possa reflectir e mesmo discutir isto.

Termino deixando-vos a transcrição do domínio, sub-domínio, meta final e metas intermédias às quais dediquei estas linhas. Aqui fica, mais abaixo.

José Alberto Rodrigues

Domínio: Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação

Subdomínio: Comunicação Visual & Processo Tec. – Conceitos, Princípios e Op. Tec.

Meta Final 8 ) O aluno utiliza as Tecnologias da Informação e Comunicação (ambientes digitais) para criar produtos gráficos estáticos e/ou dinâmicos
Metas intermédias até ao 6.º Ano
  • O aluno identifica as vantagens e desvantagens de trabalhar num ambiente digital (ex: possibilidade infinita de edição, ocupação de espaço/ impossibilidade de contacto directo com materiais e instrumentos, alteração da relação gesto-registo (gráfico).
  • O aluno identifica as diferenças entre as dimensões do trabalho em ecrã e a dimensão “real” do trabalho impresso ou projectado.
  • O aluno aplica cores, cria formas, composições e sequências de imagens estáticas ou/e dinâmicas, utilizando as “ferramentas” disponíveis no software. (ex: Paint, GIMP, Power Point, Impress, etc.).
  • O aluno selecciona e digitaliza imagens (com scanner ou fotografia digital) para posterior edição digital.
  • O aluno realiza trabalhos, interligando, no processo de produção, meios técnicos “convencionais” com meios digitais.
  • O aluno utiliza meios digitais para consulta, selecção e recolha de informação adequada ao desenvolvimento do seu trabalho.

1.ª Jornada de Conteúdos Digitais para a Educação

É com prazer e entusiasmo que anunciamos aos utilizadores deste espaço do EVTdigital que no próximo dia 14 de Maio de 2010 estaremos a orientar uma Workshop na Apresentação da 1.ª Jornada de Conteúdos Digitais para a Educação na Universidade do Minho. A nossa proposta foi aceite e lá estaremos, nessa sexta-feira, a orientar a Workshop “Produção de conteúdos digitais para as Artes utilizando ferramentas Web 2.0 e software livre/gratuito”.

Subordinada ao tema “Conteúdos Educativos: Realidade e Futuro”, terá lugar dia 14 de Maio de 2010 no Centro Multimédia do Instituto de Educação da Universidade do Minho, Braga, Portugal. Uma organização do Centro de Competência da Universidade do Minho.

“Com o objectivo de partilhar experiências, projectos e descobertas e de debater as temáticas inerentes ao estado actual e às perspectivas futuras sobre a problemática dos conteúdos digitais terá lugar em 14 de Maio a 1.ª Jornada de Conteúdos Digitais para a Educação, organizada pelo Centro de Competência da Universidade do Minho. Assumindo a relevância da participação de alunos e professores na sua (auto)construção, esta Jornada foi concebida para proporcionar as condições necessárias para que se analisem os conteúdos educativos digitais que já temos e para que se possam imaginar e especificar as características que deverão ter num contexto dos expectáveis desenvolvimentos futuros, dinâmicos e acelerados.”

As inscrições estarão para muito, muito breve. basta carregarem na imagem acima para obterem mais informações sobre este evento.

Espero ver-vos por lá!


… nasceu o evtdigital

E a 25 de Dezembro de 2009 nasce o evtdigital.

Alojado aqui, em https://evtdigital.wordpress.com, o evtdigital é um blog e espaço de partilha de recursos e informação sobre ferramentas digitais em EVT e a sua plena integração curricular. Desde ferramentas Web, passando pelas ferramentas Web 2.0 e as baseadas em Software Livre e/ou Gratuito, daremos a conhecer um pouco as ferramentas que existem e que podem servir aos docentes da disciplina de EVT para abordagem dos diferentes conteúdos e áreas de exploração.

Este trabalho (ou blog) é a “parte pública” do trabalho que é dado a conhecer à “comunidade Web” sobre o trabalho deinvestigação que desenvolvo no âmbito do doutoramento em Multimédia em Educação pela Universidade de Aveiro.

A todos, desejo boas explorações e que as ferramentas que aqui irão ser listadas vos sirvam para a disciplina de EVT e que, acima de tudo, sejam uma mais-valia para a exploração que é cada vez mais necessária nas nossas escolas, articulando-se os suportes e estratégias de ensino-aprendizagem mais “tradicionais” a estes, verdadeiramente inovadores e potenciadores de novas motivações nos nossos alunos.

José Alberto Rodrigues

JAR