Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


MockFlow

Iniciamos as apresentações de hoje no EVTdigital com uma ferramenta que pode despertar muito a vossa curiosidade. Chama-se MockFlow e o seu princípio caracteriza-se por uma aplicação Online Wireframe Tool. Vamos já conhecê-la.

Depois de criada a vossa conta de utilizador gratuita, podem iniciar o vosso trabalho. Esta aplicação, que funciona online, sem necessidade de instalarem qualquer programa, permite criar layouts (modelos de páginas) para vários tipos de dispositivos, sejam eles sites (Joomla ou Drupal), sítios web ou para dispositivos móveis. Uma fantástica aplicação que pode orientar muito bem os trabalhos que possam desenvolver, sejam eles coisas simples ou mais complexas ou até mesmo trabalhos mais profissionais. Sim, é possível desenvolver trabalhos profissionais com esta aplicação.

Devem experimentar e mesmo em contexto de EVT, e como vivemos numa era em que há versões para todos os dispositivos, por exemplo a paginação do jornal da escola poder ser feita para vários dispositivos: para versão impressa, para sítio web da escola, sistemas Android, i OS, entre outros.

Antes do vídeo tutorial que vos deixamos e que encontrámos, entre vários, no YouTube, falta dizer que em contexto de EVT (e até mesmo EV ou TIC) podem abordar com esta aplicação os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Medida, Trabalho, Construções, Desenho e Fotografia.  

Anúncios

Megazine

Para quem quiser criar, em contexto de EVT, álbuns de trabalhos dos alunos ou outro tipo de paginações em contexto de sala de aula, tem aqui uma ferramenta chamada MegaZine e que permite criar esses álbuns ou livros em pdf e depois convertê-los num formato que dá para fazer o Page Flip (passem das folhas como se estivéssemos a folhear esse livro).

É uma aplicação simples de usar e que, ao nível de resultados finais, pode ser muito interessante. Para depois publicar, por exemplo, no espaço da Escola na Internet. É uma outra forma dos alunos verem o seu trabalho publicado numa forma de visualização muito profissional.

Nada como visitarem o sítio do MegaZine e perceberem como funciona, o que não é muito complicado e lá encontram todas as instruções. Isto até por que não temos vídeo tutorial. Aliás… até temos um vídeo tutorial que apresenta o MegaZine 3 mas também faz uma abordagem ao Lightroom 4. Aqui fica…


Draw Plus (Starter Edition) e mais ferramentas gratuitas (SE) da Serif

Já não me recordo se anteriormente vos apresentei aqui no EVTdigital alguma das ferramentas da Serif. Reconheço nesta empresa Inglesa uma forma muito interessante de atuar. É que a Serif vai muito mais além da sua vertente comercial, disponibilizando ferramentas gratuitas de muitas das versões proprietárias que lança. Mas disso falaremos mais adiante. Vamos agora reter-nos numa delas: o Draw Plus (Starter Edition).

O Draw Plus (Starter Edition) é a versão gratuita do software com o mesmo nome, apenas tendo algumas limitações de ferramentas de edição em relação à versão comercial. É um programa de desenho vetorial e ilustração, muito bom, estável e simples de utilizar com muitas potencialidades de trabalho em contexto educativo, em especial nas disciplinas de EVT ou EV.

Tal como no recurso divulgado antes deste, o Draw Plus é mais um software que em contexto de sala de aula pode ser quase potencializado ao limite quando utilizado o quadro interativo. Nada como experimentarem esta versão gratuita. No final deste artigo deixaremos um pequeno vídeo tutorial que encontramos no YouTube e vão perceber facilmente a quantidade de ferramentas que são disponibilizadas e a quase infinidade de opções que temos para pôr em prática certos trabalhos com os nossos alunos. Seja para desenho ou pintura mas também para elaboração de cartazes e muito mais. Aliás, em contexto de EVT (ou até EV ou outras disciplinas) podemos trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Geometria, Luz-Cor, Medida, Trabalho, Construções, Desenho, Fotografia, Impressão e Pintura.

Mas antes de terminarmos com o vídeo tutorial, o Draw Plus não é a única ferramenta da Serif com versão gratuita (Starter Edition). Há mais, muitas mais, e que podem ser utilizadas em EVT. No sítio da Internet da Serif, na secção Free Downloads encontram ferramentas (softwares) para Paginação (Page Plus), criação de página Web (Web Plus), Photo Plus (para edição e tratamento de imagem), Panorama Plus (para criação de fotografias panorâmicas), Movie Plus (para edição de vídeo)… e ainda o Craft Artist (para digital scrapbooking) e ainda um pacote de templates para websites e outros conteúdos.

Experimentem e fascinem-se…

Aqui fica o vídeo tutorial do Draw Plus SE…


Scribus

Iniciamos as nossas divulgações de hoje no EVTdigital com mais um software livre. No caso, o Scribus, um programa livre que podem instalar nos vossos computadores quer eles tenham sistemas operativos Windows, Mac ou Linux.

Mas, para que finalidade serve o Scribus? O Scribus é um programa para paginação. Caso pretendam podem fazer o download da versão em Português e irão ver que este programa serve para fazer paginação. Seja de um desdobrável, brochura, livro ou mesmo um jornal (escolar, por exemplo) este é um poderoso software para realizarem esse tipo de trabalhos. Uma maravilhosa alternativa a outros programas proprietários extremamente caros. Se utilizarem a versão em Português irão poder constatar que ainda mais fácil se torna trabalhar com este programa. As potencialidades e funcionalidades são muitas e quase sempre há uma solução que se encontra e resolve com este programa. Como dissemos, este programa é para vários sistemas operativos e, ainda melhor, tem uma versão Portable, ou seja, pode descarregar essa versão e colocá-la numa pen sem que tenham necessidade de instalar o programa o que pode ser outra vantagem.

Uma boa opção e alternativa a outras excessivamente caras. Em EVT (e também EV) podem trabalhar os seguintes conteúdos: Comunicação, Espaço, Estrutura, Trabalho.

No Youtube encontrámos 8 vídeos tutoriais, em Inglês, que são muito interessantes para quem esteja interessado em aprender um pouco mais e utilizar este programa. Aqui ficam as ligações para os mesmos.

Scribus – Tutorial – Parte 1 – http://www.youtube.com/watch?v=3sEoYZGABQM

Scribus – Tutorial – Parte 2 – http://www.youtube.com/watch?v=WQRCgGPxtJ0

Scribus – Tutorial – Parte 3 – http://www.youtube.com/watch?v=0bj-WMtkQQQ

Scribus – Tutorial – Parte 4 – http://www.youtube.com/watch?v=3AHqQIdlMqM

Scribus – Tutorial – Parte 5 – http://www.youtube.com/watch?v=8si0fZDBZxc

Scribus – Tutorial – Parte 6 – http://www.youtube.com/watch?v=QNlBC3-dlqg

Scribus – Tutorial – Parte 7 – http://www.youtube.com/watch?v=6uu-68I43rc

Scribus – Tutorial – Parte 8 – http://www.youtube.com/watch?v=ldkovG5Via4

Explorem e vejam as potencialidades! E a principal: é mais que gratuito… é software LIVRE!…


Formatpixel

Existe uma ferramenta muito interessante para realizar paginações. Aliás, posso mesmo dizer-vos que é fantástica. Pela sua simplicidade e funcionalidade. Chama-se Formatpixel e apenas lhe encontramos um defeito ENORME que analisaremos mais adiante…

Depois de criada uma conta de utilizador gratuita, temos então acesso a um programa, integralmente online, para realizar paginações. Com uma interface notável e ferramentas bastante evoluídas e simples de utilizar, é com certeza uma mais valia para criar publicações digitais. Mas… o principal defeito… Esse defeito reside no facto de a conta gratuita apenas permitir realizar um projecto que pode ser guardado e exportado e depois refeito. Ou então, como os nossos alunos dizem, criar várias contas com vários endereços de e-mail que tenhamos. Essa conta gratuita chama-se Vanilla. O outro e MAIOR defeito… A conta gratuita apenas permite utilizar um espaço em disco no servidor de 512 Kb. Sim, não há engano… 512 Kb.

Naturalmente que as imagens a utilizar terão que ser bastante comprimidas (se forem muitas) e com pouca qualidade. No entanto, digo-vos, é fantástica e vale mesmo a pena utilizar. Principalmente em contexto de EVT quando se pretendem realizar pequenos livros ou brochuras. Poderá ser também um mote para explorar com os alunos a questão de como reduzir o tamanho de imagens e comprimir imagens.

Ainda em EVT podemos em várias Unidades de Trabalho abordar as seguintes áreas de exploração/conteúdos: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Medida, Construções, Impressão, Fotografia.

E aqui fica um pequeno vídeo tutorial em que podem ver um exemplo de exploração desta ferramenta:

 


OpenZine

Para quem quiser elaborar de forma simples uma publicação (revista ou outra) e publicá-la/partilhá-la de imediato online tem uma excelente ferramenta para tal. Chama-se OpenZine e, depois da criação de um registo de utilizador (processo simples e gratuito) podemos de imediato iniciar as nossas publicações. Manual de EVT, Jornal de EVT, Anuário de actividades da turma, etc, etc… As opções são imensas.

A partir da escolha de uma área específica (Artes, Humanidades,… ou outra das muitas mais disponíveis), começamos por escolher a capa, o layout da paginação e, de forma simples, página a página. Escrevendo o texto (podemos copiar de um documento e colar lá), fazer o upload das imagens, etc, etc… Tudo de forma simples, prática e intuitiva. E sem necessidade de qualquer software instalado para além do browser.

Experimente. Vale a pena. Até pela possibilidade de ser uma comunidade: com partilha, subscrições, comentários,etc…

Em contexto de EVT já deixámos aqui algumas dicas mas, podemos sempre abordar os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Estrutura, Trabalho, Impressão.

Aqui fica um vídeo tutorial muito bem realizado. Curta, sucinto e muito esclarecedor.

 


Formatpixel

Se há ferramentas que me criam alguma angústia, esta é, sem dúvida, uma delas.

Porque? Porque é muito boa mas pode ser, ao mesmo tempo, muito limitada. Isto porque o registo numa conta gratuita apenas nos permite aceder ao plano chamado “Vanilla” (Baunilha) o que nos dá, apenas e só, 512 Kb de espaço!!!… Sim, não me enganei: 512 Kb… metade de um simples Mb…

Chama-se Formatpixel, mas, pelas suas excepcionais funcionalidades, aqui está!

Mas, não pensem que as contas pagas dão muito mais. Infelizmente, nem por isso.

Mas vamos à versão gratuita. O registo no Formatpixel é muito simples e permite-nos aceder a uma conta com 512Kb de espaço e apenas 1 projecto. Ou seja, não podemos exportá-lo mas podemos facilmente guardá-lo no nosso computador. Sempre que quisermos fazer um projecto novo, teremos que eliminar o antigo ou fazer a partir desse.

As contas mais caras, como exemplo a “Chocolate” apenas nos dá a hipótese de 40 Mb de espaço e gerir 20 projectos. A mais barata, que custa umas 3£ (GBP) ano dá-nos hipótese de gerir 5 projectos e apenas 5 Mb.

Mas porque é que esta ferramenta, com estas limitações é tão importante?

Pois bem, porque é uma ferramenta de design, de paginação e edição multimédia. Sim, também lhe podemos incluir vídeos do Youtube, bastando colocar lá o link, sem que isso vá acarretar mais espaço ocupado no nosso espaço. Esse, só fica “carregado” com as nossas imagens as quais devemos ter atenção em formatar antes de enviar.

O não permitir Exportar não nos facilita a visualização offline e guardar o trabalho no disco. No entanto, permite a sua publicação online, através da partilha e do código a embutir em qualquer espaço. A partir daí, e antes de iniciarmos novo projecto, podemos imprimir um pdf com a nossa publicação.

Bem, mas para que serve? O Formatpixel serve para realizarmos vários tipos de paginação. Pequenos livros, brochuras, folhetos, catálogos, etc, etc, etc… Não necessitámos de instalar nada, tudo corre no nosso browser da Internet e a utilização das ferramentas de edição é extremamente simples e intuitiva, visualizando-se de imediato os resultados e qualquer alteração que possamos fazer.

Para uma melhor gestão de projectos,… acaba por ser relativamente simples: como os nossos pequenos alunos já sabem e dizem, se não quiserem destruir um projecto para começar outro… nas palavras deles… “óh professor, criamos outro e-mail e outra conta com esse email e já está!…”.

O que é verdade 😉

Em EVT podemos explorar os seguintes conteúdos e áreas: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Medida, Impressão.

Aqui vos deixo um pequeno vídeo tutorial, o único que encontrei no Youtube, e a correr numa versão mais simplificada e antiga desta ferramenta. Actualmente tem mais funcionalidades.