Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


Typedia

Criado em 2006, o Typedia assume-se como uma enciclopédia de fontes (tipos gráficos, tipos de letra) online.

Neste espaço podemos pesquisar por um tipo de letra, autor, blogue, o que se queira. Em poucos instantes temos uma lista de resultados que podemos analisar e obter resposta para o que procuramos.

Para utilizar em EVT, quando por exemplo procuramos um tipo de letra para um cartaz ou outro produto gráfico; para saber mais sobre as fontes; para compreender como se cria um tipo de letra…

Ainda em contexto de EVT (ou mesmo EV), pode ser interessante para a abordagem de conteúdos e áreas de exploração como: Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Desenho e Impressão.

Passem por lá!

Anúncios

Typography

O espaço da Internet criado por Jeremy Tankard intitulado Typography é um local onde podem encontrar informação útil sobre tipografia, fontes (tipos de letra) e outros aspetos relevantes a ter em conta quando utilizamos as letras (texto) na comunicação visual. 

Com várias secções úteis das quais destacamos a possibilidade de impressão de vários tipos e a sua posterior comparação, é um excelente recurso para em contexto de EVT introduzirmos a particularidade do texto e da sua inclusão em trabalhos de composição visual como cartazes, desdobráveis ou outras paginações e aspetos a ter em conta quando realizamos esses trabalhos. Muito interessante, também, para criar uma fonte de raíz. Não que esta ferramenta (apenas um sítio da Internet) o permita, mas faculta recursos úteis para abordar em contexto de sala de aula de EVT, onde se podem trabalhar áreas de exploração e conteúdos como: Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Desenho e Impressão.


Calligraphy

Iniciamos as publicações de hoje, 19 de junho de 2012, com uma ferramenta extremamente interessante para ser trabalhada com os alunos para a descoberta das formas, da expressão, aplicada à criação de fontes (tipos de letra). Chama-se Calligraphy e está inserida no espaço MathToyBox.

Depois de iniciada a aplicação que funciona integralmente online, temos uma barra de menus muito simples onde podemos escolher o tipo de papel (digital) que queremos usar. Depois, podemos escolher o aparo (sim, aparo, pois simula uma escrita à antiga), a cor da tinta e ainda 3 variáveis para a escrita e que faz variar o tipo de aparo e escrita realizada.

Finalmente, somos convidados a criar o nosso próprio abecedário ou até um desenho que no final podemos imprimir. No caso de EVT, por exemplo, os trabalhos podem ser guardados e depois editados num programa de desenho vetorial, selecionando apenas os desenhos, sem fundo, para aplicação a outros contextos.

Uma ferramenta interessante e que pode dar para desenvolvimento de muitas ideias em EVT, disciplina onde podemos trabalhar com esta ferramenta as seguintes áreas de exploração e conteúdos: Comunicação, Forma, Material, Desenho e Impressão.


Bitmap Font Writer

 Stefan Pettersson é o autor da ferramenta/aplicação que divulgamos e que se chama Bitmap Font Writer.

 Esta aplicação funciona online e permite aos utilizador criarem fontes Bitmap, quase ao estilo Pixel Art. É extremamente simples de utilizar e pode ser usada em EVT para múltiplos contextos. Desde a criação e utilização da fonte para escrita normal como para cartazes e outros trabalhos gráficos, consoante os projetos a realizar.

Uma boa opção para em EVT trabalharem conteúdos e áreas de exploração como: Comunicação, Forma, Geometria, Luz-Cor, Trabalho, Desenho e Impressão.

Neste caso, não há vídeo tutorial mas, vão compreender que nem é preciso.

Experimentem!


Typographica

Quase numa penada… aqui fica mais um espaço online onde podem pesquisar e analisar mais algumas características ligadas às fontes (tipos de letras) e à tipografia. Chama-se Typographica.

Neste espaço, vejam por exemplo a secção Classification onde podem analisar os tipos de letra com serifa, sem serifa, entre muitos outros. Mas podem ainda ver e analisar muito mais em Designer ou Foundry. O professor, em EVT, quando realizar a abordagem à tipografia, fontes e construção de tipos, pode facilmente utilizar este espaço como referência para explorar algumas particularidades importantes a transmitir aos alunos. Conteúdos e áreas de exploração como Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Desenho e Impressão  podem facilmente ser trabalhados na disciplina (tanto EVT como EV).


Cool Text

Iniciamos hoje as divulgações do EVTdigital com uma ferramenta que poderá ser útil utilizar em contexto educativo em algumas ocasiões. Chama-se Cool Text e já a vamos conhecer melhor.

Esta aplicação funciona integralmente online e disponibiliza aos utilizadores a possibilidade de, a partir de uma texto que desejem, trabalhar esse texto com efeitos que podem servir para cartazes, apresentações ou outros contextos. Naturalmente que usados em contexto de EVT, deveremos ter alguns cuidados para que os alunos não caiam em algum tipo de estereótipo.

Antes de vos deixarmos um pequeno vídeo tutorial, lembrar que as aplicações em contexto de EVT podem ser diversas mas que, como exemplo, podemos aplicar os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Forma, Luz-Cor e Desenho.

E aqui fica o vídeo…


Tipografos.net

Para mim, um apaixonado por tipografia, este espaço da Internet que agora vos apresento e partilho é uma das minhas referências. Criado em 2007 por Paulo Heitlinger, reúne informações fantásticas sobre tipografia e disponibiliza imensos recursos que podemos utilizar na disciplina de EVT, EV ou até outras, noutros níveis de ensino. O espaço Tipografos.net fornece ainda muitas ligações com download disponível para revistas, tutoriais, fontes e muitos outros recursos.

Sei perfeitamente que se lá forem espreitar, se vão deter por algumas horas. Se assim não for, é porque guardam a referência e passaram por lá mais vezes.

Só para dar um exemplo, o espaço está muito bem organizado e estruturado. No menu índice podem carregar em Como fazer fontes. Serão remetidos para uma outra página com vários recursos dos quais destaco type basics: excelentes dicas, made in Holland. Depois entram na ligação dada e é-vos apresentado um conjunto de 19 imagens que explica como criar uma letra, um tipo, com nomenclatura, com indicações, etc… Uma verdadeira maravilha como recurso educativo para apresentar em EVT. Deixo-vos uma imagem no final deste artigo (que na página pode depois ser vista ampliada e as restantes 18).

Em contexto da disciplina de EVT, podem trabalhar as seguintes áreas e conteúdos: Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Construções e Desenho.


Your Fonts (e que tal também o FontForge?)

Uma das atividades preferidas dos nossos alunos é a criação de tipos de letra. Quase que como um jogo, a criação de uma letra e a partir daí, conseguir uma coerência para um tipo é fundamental.

A Internet tem destas coisas. Antes de vos apresentar a ferramenta que pretendo e que se chama YourFonts, vou contar-vos a história curiosa da mesma. Quando o YourFonts foi criado, foi um sucesso. Permitia imprimir uma matriz e, qualquer utilizador criava (desenhava) a sua fonte, digitalizava-a e posteriormente carregava-a na aplicação online e, em poucos minutos, podia visualizar o seu tipo de letra e descarregava-o para o utilizar no seu computador.

O que é certo é que esta funcionalidade apenas estava disponível, se bem me recordo, até um total de 150.000 ou 180.000 fontes descarregadas. Pois bem, parece muito mas, com uma ferramenta simples de utilizar e com estas potencialidades até é bem pouco. O que é certo é que ao fim de alguns meses este serviço deixou de ser gratuito. Aliás, é gratuito mas para descarregar a fonte é preciso pagar. Logo surgiu uma ferramenta similar e que já divulgámos chamada Fontcapture. Era inteiramente gratuita mas, num instante, a YourFonts acabou por comprar esta última para monopolizar. Acredito que mais cedo do que tarde surjam novas ferramentas idênticas e gratuitas.

Mas, o que permite o Youfonts? Permite descarregar uma matriz tipográfica onde posteriormente podemos criar o nosso “tipo””gráfico” e depois visualizar o mesmo. Neste momento, quem quiser descarregar essa fonte terá que pagar.

De qualquer forma existem outras alternativas como o FontForge que é um software livre que nos permite criar a nossa fonte vectorial. Em suporte digital e, por exemplo, com recurso ao quadro interativo éuma boa ajuda para criar fontes ou então alterar outras que já tenhamos instaladas no computador.

Para experimentarem pois vale bem a pena. Antes de terminarmos com vídeos tutoriais do YourFonts e FontForge, podemos dizer que em contexto de EVT, com estas ferramentas podemos trabalhar os seguintes conteúdos e áreas de exploração: Comunicação, Estrutura, Forma, Geometria, Medida, Construções, Desenho e Impressão.

E, aqui ficam os vídeos tutoriais…

E no caso do FonrForge, no seguinte vídeo tutorial ainda podem analisar uma outra ferramenta chamada Glyphtracer.


Tipografia em Portugal

Recentemente renovado no seu visual (muito mais interessante e apelativo depois das alterações aos blogues blogspot), o blogue Tipografia em Portugal é um espaço no qual, certamente, não nos vamos deter durante alguns minutos mas sim longas horas…

Como se sabe, o estudo da letra é um dos temas possíveis a abordar no conteúdo Comunicação na disciplina de EVT. Mas este é um recurso que se aplica também à Educação Visual, por exemplo. O blogue está muito bem organizado e permite a visualização do mesmo de várias formas (basta escolher a Classic ou outras no canto superior esquerdo). Depois de entrarmos no espaço, podemos ir navegando nos vários artigos. desde ligações para teses a download de tipos de letras e muitos, muitos mais recursos podem ser encontrados a partir deste blogue.

Tal como referido, excelente para abordar a Comunicação em EVT. Naturalmente que decorrente da primeira exploração irão surgir outras áreas e conteúdos a trabalhar mas neste caso apenas destacámos este. A analisar e ter como referência, seguramente.

Vão lá e espreitem…


SuperVeloz.net

Sendo o estudo da Letra e a Tipografia uma possibilidade de abordagem em contexto de EVT, esta ferramenta que agora apresentamos é de particular importância. Criada por espanhóis, SuperVeloz.net é um espaço onde podemos fazer composições visuais a partir de elementos gráficos e letras.

O funcionamento desta ferramenta é extremamente simples, similar a outras que já divulgámos neste espaço como por exemplo o RoboType ou o Typedrawing. Basta, depois de acedermos ao espaço do SuperVeloz.net carregarmos onde diz “COMPONEDOR”. Aí, é-nos apresentada uma galeria de efeitos gráficos (ornamentos, por exemplo) e letras e outros elementos tipográficos. São 3 colecções primárias, 3 de complementos e mais capas e rasgos veloz (experimentem).

A partir daqui, basta arrastar os elementos para a área de trabalho e compormos o nosso trabalho, a nossa composição visual. É possível rodas os elementos, reduzi-los e ampliá-los, entre outras opções como por exemplo o da escolha da cor. No final, os trabalhos são guardados numa galeria pública. Pode escolher a opção “guardar” e escolher o seu nome e o seu e-mail para que o trabalho lhe seja enviado via e-mail.

Não temos vídeo tutorial mas facilmente perceberão que é fácil e muito intuitivo trabalhar com esta ferramenta.

Em contexto de EVT, pode ser uma hipótese para, integrado em diversas Unidades de Trabalho se abordarem os seguintes conteúdos/áreas de exploração: Comunicação, Espaço, Forma, Desenho.


Fuentes Grátis

Mais um post no dia de hoje, mais uma boa fonte de recursos. Depois de, em tempos, termos aqui divulgado o dafont e o FFonts, dois sites que são uma base de dados de fontes (tipos de letra) com milhares delas possíveis de descarregar e instalador no nosso computador, anuncio aqui o Fuentes. Fontes grátis do Recursos Grátis, um espaço Espanhol.

 

Sem necessidade de muitas mais explicações, o espaço está bem organizado e a base de dados de fontes catalogada. Basta acedermos à fonte que nos interessar e, pré-visualizar. Se quisermos, podemos descarregar para o nosso computador e instalar.

Nada mais simples e, já com manual publicado na secção “Guias e Manuais” do blogue.

Em contexto de EVT poderá ser uma ferramenta útil para exploração e abordagem das seguintes áreas e conteúdos: Comunicação, Estrutura, Forma, Desenho.

Quanto a vídeo tutorial, não é necessário e perceberão facilmente porquê… Muito simples ver, interagir e descarregar.


Fontself

Estamos em meados de Novembro e é tempo de divulgar, aqui no blogue do EVTdigital, mais algumas ferramentas. Chegou agora a vez de uma ferramenta chamada FontSelf. Esta ferramenta é similar a outras duas que anteriormente divulgámos: o Yourfonts e o Fontcapture.

A diferença significativa é que o FontSelf permite aos utilizadores imprimirem uma matriz e desenharem as suas letras, mas nesta caso, ao invés das outras ferramentas, esta permite utilizar cores. Assim, podemos mesmo criar alfabetos de símbolos e muito mais… até onde a criatividade nos levar.

Podemos depois escrever mensagens e exportá-las como imagens, usando-as onde quisermos.

Ainda de referir que actualmente há um concurso (contest) para eleger as melhores fontes. Aliás, o pequeno vídeo tutorial que mostramos abaixo apresenta isso mesmo. Para além de tutorial para verem como funciona esta ferramenta, serve também para, se quiserem, participarem no concurso. E não se esqueçam que na secção Guias e Manuais já lá têm o manual.

Em contexto de EVT é uma ferramenta interessante para trabalharmos a tipografia e explorar as seguintes áreas e conteúdos: Comunicação, Forma, Desenho.

E agora, aqui fica o tutorial:




fontstruct

Para não perder o ritmo, voltamos hoje à divulgação de mais ferramentas.

Os que andam atentos a este Blog e aos Manuais e Guias que vão sendo publicados na secção respectiva, não se admiram de ver aqui e agora divulgada esta ferramenta. Chama-se fontstruct e permite aos utilizadores criarem os seus tipos de letra personalizados e partilhá-los online com a comunidade.

fontstruct

Através do sistema pixel-to-pixel, podemos realizar o conjunto completo de mapa de caracteres e partilhá-lo com a comunidade. Além disso, naturalmente, podemos descarregar o tipo de letra e instalá-lo no nosso computador.

Apenas necessitamos de criar uma conta (registo) no site, de forma muito simples.

É uma aplicação Web 2.0 muito user friendly capaz de motivar qualquer aluno.

Já existe Manual no espaço respectivo deste Blog.

Para finalizar, em contexto de EVT podemos criar fontes personalizadas, alfabetos simbólicos e, aplicar o produto final (caracteres) em imensos produtos gráficos (e não só).

Óptima ferramenta para a área de exploração de Desenho e para os conteúdos: Comunicação, Espaço, Estrutura, Forma, Medida.

Vídeo Tutorial


dafont – Fontes gratuitas

Não me alongando muito uma vez que muito (quase tudo) já foi dito há poucos minutos atrás quando divulguei o site FFonts, o dafont é outro site que nos oferece uma quase infindável lista de fontes gratuitas para download. Basta experimentar para comprovar.

dafont

Tal como disse anteriormente, muitas destas fontes podem ser úteis para trabalhos gráficos em EVT  já que usualmente não são disponibilizadas com o computador (programas também) quantidade e qualidade de fontes razoáveis para determinados trabalhos na nossa area.

Para além do FFonts, aqui fica o dafont, para abordagem da Comunicação em EVT, para o que possamos entender.

De certeza que uma pesquisa mais atenta vos vais fazer perder alguns minutos (horas?) a descarregar fontes…


FFonts – Free Fonts

E porque sou um apaixonado pelo Typedesign, pela tipografia em geral, é indispensável para qualquer professor de EVT (e não só) um grande (ou considerável) leque de escolhas e opções por tipos de letra para os mais diversos fins. Especialmente no campo da Comunicação – quando se faz um cartaz, por exemplo ou até um guia ou folheto, termos determinado de tipo de fontes é muito importante.

ffonts

E porque sabemos que as fontes que os nossos computadores trazem quando os compramos são muito limitadas (na quantidade e qualidade), existem alguns sites que nos oferecem milhares (sim, leram bem, milhares) de fontes gratuitamente. Um desses casos é o ffonts. Uma simples pesquisa e perdemo-nos numa imensa lista…

Mas atenção. A selecção é fundamental. Não se esqueçam que uma das coisas que faz as nossas máquinas ficarem lentas é a quantidade de fontes instaladas. Uma boa opção é termos as fontes guardadas numa pasta e instalá-las e desinstalá-las à medida das necessidades.

Seguramente que vão encontrar uma (ou muitas mais) e que se vão lembrar de dizer: “olha!, esta tinha dado jeito para isto”.

Tal como disse, e não obstante outros conteúdos e áreas de exploração, elejo o conteúdo comunicação como primordial. E não são poucos os trabalhos em que os alunos poderão trabalhar as fontes.

Já agora, algumas das fontes, inseridas num programa de desenho vectorial (vejam a ferramenta livre do Aviary, por exemplo) podem ser alteradas e obtemos efeitos fantásticos.

Vale a pena a visita e perderem-se a decarregar algumas. Afinal, são mesmo gratuitas…