Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT


Madmen Yourself

Da AMC TV, uma ferramenta muito curiosa: o Madmen Yourself. Com esta aplicação que funciona integralmente online, podemos escolher uma personagem, quase que como um Avatar e definir as suas opções de fisionomia – corpo e em especial do rosto e depois vesti-lo consoante a época, o estilo, etc…

É extremamente simples de utilizar: passo-a-passo somos guiados, em cada quadro, a escolher a personagem e o género (masculino ou feminino) e depois a sua aparência física, fisionomia, aspetos físicos do rosto e, por fim, toda a roupa e adereços.

No final, podemos descarregar a personagem criada que pode muito bem ser o nosso Avatar para utilizar em redes sociais, para a nossa capa, etc… Podemos descarregar 3 formatos: só o rosto, meio corpo ou figura completa com cenário.

A explorar em EVT, até pelas possibilidades de exploração numa área de exploração pouco comum de Vestuário. A saber, mais algumas áreas de exploração e conteúdos de EVT: Comunicação, Estrutura, Forma, Material, Animação e naturalmente, Vestuário.

Aqui terminamos deixando-vos um pequeno vídeo tutorial encontrado no YouTube.


ArtBuilder

O Columbus Museum of Art tem um bom repositório de recursos online. Um desses recursos é a aplicação chamada ArtBuilder. Esta aplicação, que funciona integralmente online, sem necessidade de instalação de qualquer programa, permite criar composições visuais similares a uma colagem.

Depois de acederem ao espaço, são convidados a analisar uma pequena introdução e explicação sobre como funciona esta atividade. Iniciando o trabalho, devem escolher o papel de fundo e, posteriormente, juntar os elementos que queiram “colar” nessa folha. Podem ser elementos naturais, objetos, tecidos, entre muitos outros. Infelizmente apenas temos acesso aos elementos que a biblioteca de imagens nos fornece e não podemos carregar os nossos, do nosso computador, mas não deixa de ser interessante para os alunos conseguirem realizar composições visuais, numa técnica similar à das colagens, que quem trabalha sabe bem ser muito difícil, apesar de parecer muito simples.

Pode ser utilizada em EVT, num 5º ano, por exemplo, mas também no 1º ciclo em Expressão e Educação Plástica. No caso de EVT, e pela riqueza dos materiais incluídos, podemos trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos: Comunicação, Forma, Material, Trabalho, Construções, Fotografia, Tecelagens/Tapeçaria e Vestuário.

A explorar, sem dúvida. Fica o convite para visitarem, mesmo, pois não temos nem encontrámos nenhum vídeo tutorial.


Avimator (agora é QAvimator)

O QAvimator, decorrente do projeto Avimator, é um software livre, open source, para a criação de modelos e personagens 3D para utilização no Second Life (ou não…). 

Com uma interface simples de usar e perceber, apenas requerendo algum treino e destreza, podemos criar as nossas personagens 3D para utilizar no Second Life. Mas, como a idade não o permite em utilização no Second Life, para crianças do 2º ciclo, em EVT, nada como aprender a criar personagens neste programas livre. Muito interessante para poderem analisar o corpo humano, a representação do corpo humano, como vestir a pessoa e muitas outras características a ser trabalhadas.

Resta dizer que é um programa livre e que tem disponíveis versões para Windows, Mac e Linux, podendo-se, entre outros, trabalhar as seguintes áreas de exploração e conteúdos da EVT: Estrutura, Forma, Material, Trabalho, Construções, Desenho, Modelação/Moldagem e Vestuário.

Aqui fica um pequeno vídeo tutorial encontrado no YouTube.


Bayeux Tapestry

Conhecem esta famosa tapeçaria? Está em Inglaterra, é a Bayeux Tapestry e está no Museum of Reading. É um bom recurso para EVT e já vou explicar porquê.

 

Com esta aplicação que funciona integralmente online, devem em primeiro lugar criar a vossa conta de utilizador gratuita. Depois, o objetivo é criar vários diapositivos como se de uma apresentação se tratasse. Pode ser uma apresentação mas também uma história contada em forma de Banda Desenhada com personagens e objetos medievais. Podem ainda criar as vossas próprias personagens e adicionar ao trabalho.

Cada vez mais há feiras medievais, esta talvez seja uma boa opção para uma BD alusiva ao evento ou mesmo algo em articulação com a disciplina de História.

Em contexto de EVT, pensando na proposta de Banda Desenhada, temos as seguintes propostas para áreas de exploração e conteúdos: Comunicação, Forma, Trabalho, Desenho, Tecelagens/Tapeçaria e Vestuário.

Aqui ficam dois vídeos tutoriais: no primeiro é explicado pela BBC o contexto desta tapeçaria e, no segundo, um trabalho excelente, em que é feita uma animação a partir desta tapeçaria. A não perder.

 


doppelme

Com a utilização das redes sociais, cada vez mais a criação de personagens virtuais é algo que não passa ao lado dos nossos alunos. A criação de Avatares é uma dessas atividades para que não se publique uma fotografia no perfil.

A ferramenta que agora vos apresentamos chama-se doppelme e permite, de forma muito simples, rápida e prática criar um avatar masculino ou feminino.

Para além da criação de um avatar, esta ferramenta (que funciona integralmente online) pode também ajudar a criar personagens para Banda Desenhada ou Comics. Passo-a-passo podemos escolher a personagem e mudar expressões, roupas, cores e muitos mais elementos que vão personalizar ao máximo o nosso personagem (ou avatar).

Um recurso simples que em EVT poderá permitir explorar alguns conteúdos e áreas como: Comunicação, Estrutura, Forma, Desenho e Vestuário.

Para analisar e explorar, por exemplo num 5º ano. Aqui fica o vídeo tutorial sobre a utilização desta ferramenta e que desta vez até está em Português (com sotaque brasileiro)…


Avatar Studio

É incontornável: na era da Web 2.0, do Second Life, e depois do filme, é quase fundamental cada pessoal ter ou criar o seu Avatar. E é isso mesmo que nos ajuda a fazer este software gratuito: criar um Avatar. Chama-se Avatar Studio e está disponível nas versões 1.0 e 2.0 como pode ser visto no site oficial.

O modo de utilização e interacção com o software é extremamente simples e intuitivo. Passo-a-passo somos encaminhados a construir os diversos elementos que constroem o nosso Avatar, com imensas possibilidades de alterar escala, dimensões e opções quase intermináveis. Resumindo, e de forma mais técnica, o Avatar Studio é um criador de avatares humanos em 3D, norma h-anim, com modificação de proporções, texturas e movimentos. Uma excelente opção para criar um Avatar para os nossos alunos (até para a identificação de uma capa) ou para trabalhar o desenho de figura humana, as proporções do corpo humano, etc, etc…

Em EVT, tal como referi, as explorações e aplicações podem ser imensas. Aqui ficam algumas delas numa intersecção de conteúdos e áreas de exploração, tendo em conta, naturalmente, a grande diversidade e multiplicidade de aplicações a dar: Estrutura, Forma, Material, Medida, Vestuário.

Termino com um vídeo tutorial muito completo que demonstra a criação, do primeiro ao último passo, de um Avatar com este software que pode facilmente ser exportado em vários formatos, inclusive para aplicar noutros contextos 3D.

Explorem! Vão ver que vale a pena.


QuiltMaker

Após um período de ausência (muitos afazeres) voltamos em força para divulgar mais algumas ferramentas.

Chegou a vez de uma ferramenta que, apesar de não termos vídeo tutorial, já temos o manual aqui no espaço do EVTdigital. Chama-se QuiltMaker e é um excelente recurso para a disciplina de EVT.

Mas, para que serve o QuiltMaker? Antes de mais, foi criado pelo International Quilt Study Center & Museum da Universidade do Nebraska, nos Estados Unidos e permite de forma simples criar padrões, manipulando-os, rodando-os, preenchendo-os com tecidos ou simplesmente cores.

Funciona directamente numa página da Web, podendo-se partilhar as criações. É bastante simples de usar, etapa-a-etapa, passo-a-passo. Irão ver que pode ser uma ferramenta excelente em contexto de EVT quando explorarem o módulo/padrão.

Em contexto de EVT podem ser abordados os conteúdos: Espaço, estrutura, Forma, Geometria e as áreas de exploração de: Desenho, Construções, Pintura e eventualmente Vestuário e Tapeçarias/Tecelagens.

Vale mesmo a pena explorar e conhecer um pouco mais esta excelente ferramenta. Certamente que vos será muito útil.



Tartan Maker

Uma das coisas que me fascina na rede (Internet) é a permanente aprendizagem e descoberta. Apesar de ainda não estarem aqui divulgadas no Blog, há muitas ferramentas que eu e a minha equipa de colaboradores já listámos para que sejam trabalhadas em contexto de EVT e sejam feitos os respectivos manuais. Mas, há sempre surpresas e não conhecemos, de todo, todas as ferramentas. O exemplo disso foi um comentário a este Blog feito pela colega Ana Pereira que me indicou uma ferramenta que me era desconhecida, e que, naturalmente agradeço, pois tem enorme interesse em EVT.

E esse ferramenta, baseada na Web 2.0, tem o nome de TartanMaker.

TartanMaker

Esta brilhante ferramenta serve para, em contexto de EVT, explorarmos, em primeira análise as áreas de exploração de Tapeçarias/Tecelagens e Vestuário. Depois, dependendo das abordagens, os conteúdos a integrar poderão variar bastante, consoante o fim e objectivo da Unidade de Trabalho a desenvolver.

Mas o que faz o Tartan Maker? Nada mais nada menos que a criação de padrões tipo “tecido” Escocês, bastando para tal escolher três cores e características da teia e trama à escolha: mais ou menos largo, etc…

Uma verdadeira maravilha descoberta pela indicação da Ana Pereira, a quem agradeço. É por isso que continuo a dizer que todos os dias aprendo muitas coisas na rede. Há mesmo quem lhe chame “Conectivismo”: a aprendizagem estando ligado à rede…

Para este caso não há vídeo tutorial mas, irão ver que a ferramenta é muito simples de usar! Experimentem lá!